Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 27/01/2012
  • 20:01
  • Atualização: 20:17

Massa Crítica faz primeira bicicletada de 2012 sem comunicar itinerário

Pedalada com mais de 200 integrantes também ficou sem escolta da Brigada Militar

  • Comentários
  • Lucas Rivas / Rádio Guaíba

A primeira bicicletada promovida pelo movimento Massa Crítica, em 2012, não contou com monitoramento da Brigada Militar, em virtude das atividades carnavalescas programadas para ocorrer na avenida Borges de Medeiros, região Central de Porto Alegre. Nesta sexta-feira, os ativistas comunicaram somente minutos antes à Empresa Pública de Transporte e Circulação ( EPTC), algumas das vias a serem ocupadas.

Depois da reunião realizada na quinta-feira no Ministério Público, integrantes do grupo de ciclistas discutiram a ideia de divulgar antecipadamente à EPTC o itinerário das pedaladas, porém sem sucesso. Um dos cicloativistas chegou a levantar a hipótese, que não foi aprovada pelo restante do grupo.

Além de uma viatura, posicionada no término do roteiro, cinco agentes de bicicleta da EPTC acompanharam os ativistas. O encontro contou com mais de 200 manifestantes. Segundo a empresa pública, a solicitação é feita para evitar que se repitam incidentes como o ocorrido em fevereiro do ano passado, quando o bancário Ricardo Neis protagonizou um atropelamento em massa na esquina das avenidas José do Patrocínio e Luiz Afonso, bairro Cidade Baixa.


Bookmark and Share