Correio do Povo

Porto Alegre, 16 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
18º 29º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

25/02/2012 12:28 - Atualizado em 25/02/2012 12:43

Ato marcará um ano de atropelamento de ciclistas na Cidade Baixa

Atividade integra Fórum Mundial da Bicicleta realizado em Porto Alegre

Milhares de pessoas são esperadas na manifestação denominada "Ato Por Cidades Mais Humanas", que integra o Fórum Mundial da Bicicleta, e está marcada para as 18h30min deste sábado, em Porto Alegre. A atividade ocorre na rua José do Patrocínio, bairro Cidade Baixa, onde há um ano ocorreu o atropelamento coletivo de ciclistas do grupo Massa Crítica. Os participantes sairão da Usina do Gasômetro e seguirão escoltados pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).

Para a realização do ato, haverá bloqueio do trânsito na rua José do Patrocínio, entre as ruas da República e Alberto Torres, onde o grupo deve se concentrar. Outras atividades, como apresentações musicais e teatrais, são devem ocorrer até cerca de meia-noite. 

Desde às 7h deste sábado, o tráfego na avenida Edvaldo Pereira Paiva também foi interrompido e assim deve permanecer até o final do Fórum Mundial da Bicicleta, que ocorre no final da tarde deste domingo. Na quinta-feira, quando o evento teve início, uma ciclofaixa provisória foi implantada na Sete de Setembro, demarcada com cones no trecho entre a Praça Montevidéu e a Praça da Alfândega. O objetivo é oferecer maior segurança aos participantes que se dirigirem à Usina, evitando o deslocamento pela avenida Mauá, considerada perigosa para ciclistas.

Um dos organizadores do evento, Marcelo Kalil, ressalta que a falta de estrutura impede que os moradores de Porto Alegre possam trafegar utilizando bicicletas nas vias. Ele ressalta que o plano municipal cicloviário, que prevê 495 km de ciclovia, foi aprovado em 2009, mas que, até hoje, apenas 7 km foram implantados, sendo que direcionados ao lazer. Um dos objetivos do Fórum é pressionar a prefeitura a implantar a ciclovia e possibilitar que as pessoas possam se deslocar utilizando bicicleta no dia a dia com segurança. Conforme Kalil, isso resultaria em uma cidade mais sustentável e mais humana.

A 1ª edição do Fórum Mundial da Bicicleta foi programada para o período em virtude do aniversário de um ano do atropelamento de 17 ciclistas no bairro Cidade Baixa. No dia 25 de fevereiro de 2011, durante a pedalada mensal do Massa Crítica, que reunia 150 pessoas, o funcionário público Ricardo Neis avançou o carro que conduzia sobre o grupo. Neis foi denunciado por tentativa de homicídio e chegou a ser preso, mas conseguiu o direito de responder ao processo em liberdade.

Assista ao vídeo do atropelamento:




Bookmark and Share

     Ouça o áudio: Marcelo Kalil explica que falta estrutura para ciclistas na Capital


Fonte: Camila Kila / Rádio Guaíba







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.