Correio do Povo

Porto Alegre, 20 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
12º 28º


Faça sua Busca


Notícias > Polícia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

09/04/2012 13:41 - Atualizado em 09/04/2012 13:43

Presídio Central disponibiliza celas separadas para travestis

Parceria entre a Susepe e a ONG Igualdade-RS viabilizou a medida

Uma parceria entre a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) e a ONG Igualdade-RS viabilizou que travestis cumpram penas em celas separadas dos demais presos no Presídio Central, em Porto Alegre. Conforme a presidente da ONG, Marcelly Malta, o convívio com outros presos era marcado por humilhações, injúrias e pela ameaça constante de sofrer discriminação ou violência. "Levamos seis meses para executar o projeto de separação das celas, mas atualmente, nos espaços diferenciados, elas sentem-se mais felizes e com autoestima elevada", afirmou.

De acordo com a Susepe, medida semelhante só existe em Minas Gerais. As travestis estão formulando um projeto para que seja liberada a entrada de roupas íntimas e cremes na casa de detenção.

Conforme Analanda, 25 anos, e Tininha, 50 anos, travestis detentas e que colaboraram com o projeto, são necessários mais avanços no que diz respeito ao ambiente prisional. "Queremos ser vistas como ser humano, porque também temos sentimentos, famílias, direitos e amor próprio", disse Analanda. As duas foram ouvidas pela assessoria de imprensa da Susepe.

Bookmark and Share

Fonte: Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.