Correio do Povo

Porto Alegre, 16 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
19º 29º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

02/12/2013 23:13 - Atualizado em 02/12/2013 23:25

Linha de temporais deve afetar Sul, Centro e Leste do RS nesta terça-feira

Faixa de instabilidade que causou morte na Argentina será estreita e menos intensa no Estado

O sol aparece com nuvens no Rio Grande do Sul nesta terça-feira, mas ainda será um dia com instabilidade. O avanço de ar frio de Sul ao encontrar a atmosfera aquecida no Estado deve provocar chuva em algumas áreas. Há risco de formação de uma linha com temporais, sobretudo com vento forte. O risco é maior para o Sul, Centro e Leste do Estado.

Em um grande número de cidades gaúchas, contudo, não deverá chover, já que a faixa de instabilidade será estreita e de breve atuação. Segue mais quente no Oeste e no Norte enquanto no Sul gaúcho, o ar frio ingressa com vento e forte queda da temperatura.

Por conta disso também, as mínimas devem atingir 13°C no Chuí e 15°C em Pelotas. As máximas, por sua vez, 31°C em Santa Cruz do Sul e 34°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 19°C e 30°C.

Tormenta deixa pelo menos um morto na Argentina


No início da noite desta segunda-feira, uma forte tormenta atingiu a província de Buenos Aires. As cidades de Chivilcoy e Junín foram as mais afetadas, de acordo com o jornal Clarín. Pelo menos uma pessoa morreu em virtude da tormenta, que deixou um rastro de destruição nas cercanias da capital argentina. As condições climáticas, segundo o Serviço Meteorológico Nacional, devem melhorar na manhã desta terça-feira.

Em Chivilcoy, as autoridades suspeitam que tornado tenha sido a causa do vento que deixou a cidade sem luz e telefonia. Casas e prédios foram destelhados, milhares de árvores e postes tombaram e vitrines de lojas estouraram.

O Aeroporto de Ezeiza informou rajadas de 70 nós (130 km/h). Quilmes teve rajadas de 153 km/h. Os temporais avançaram para o Uruguai nesta noite e foram resultado da chegada de ar seco e bem mais frio na região que passava por forte calor.

Este ar mais frio chega nesta terça ao Rio Grande do Sul, mas não encontrará a atmosfera tão aquecida. Mesmo assim, servirá como “gatilho” para instabilidade e pode organizar uma linha de chuva e temporais isolados no Estado no decorrer do dia.



Bookmark and Share

Fonte: Metsul







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.