Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
12º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Política

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

06/12/2013 14:09 - Atualizado em 06/12/2013 14:12

Condenadas no mensalão serão transferidas para MG na próxima semana

PF não divulgou para qual presídio Kátia Rabello e Simone Vasconcelos serão levadas

Condenadas na Ação Penal 470, o processo do mensalão, a ex-presidenta do Banco Rural Kátia Rabello e a ex-funcionária do publicitário Marcos Valério Simone Vasconcelos só serão transferidas para Minas Gerais na próxima semana, informou nesta sexta a Polícia Federal (PF). A remoção foi autorizada nessa quinta pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa. A PF não divulgou para qual presídio elas serão levadas.

Desde segunda, Kátia Rabello e Simone Vasconcelos cumprem pena na Penitenciária Feminina da Colmeia, no Distrito Federal. Após apresentarem-se à Polícia Federal em Belo Horizonte, no fim do mês passado, elas foram trazidas para Brasília e ficaram presas, inicialmente, no 19º Batalhão da Polícia Militar, dentro do Complexo Penitenciário da Papuda, por determinação do juiz da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, Ademar Silva de Vasconcelos. Em seguida, foram transferidas para o presídio feminino. Simone foi condenada a dez anos e dez meses de prisão, e Kátia, a 14 anos e cinco meses de prisão, em regime fechado.

Outros dois condenados na mesma ação, o ex-diretor do Banco Rural Vinícius Samarane e o ex-deputado federal Pedro Corrêa (PP-MT) foram transferidos para a Penitenciária da Papuda na noite de ontem (5). Eles se entregaram à PF após terem as prisões decretadas pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, e foram submetidos a exame de corpo de delito no Instituto Médico-Legal (IML). Em seguida, foram encaminhados ao presídio. Samarane foi condenado a oito anos e nove meses de prisão por lavagem de dinheiro e gestão fraudulenta. Corrêa foi condenado a sete anos e dois meses de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O deputado federal Valdemar Costa Neto (PR-SP) e o ex-deputado federal do PL (atual PR) Bispo Rodrigues, que também tiveram prisão decretada ontem, se apresentaram diretamente na Papuda. Ao todo, 15 condenados no processo do mensalão cumprem pena de prisão.

Bookmark and Share

Fonte: Agência Brasil





» Tags:STF Mensalão


O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.