Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
12º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Política

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

07/12/2013 13:49 - Atualizado em 07/12/2013 13:50

Aécio defende apuração no caso do helicóptero com droga

Senador disse que não fica constrangido com possível investigação

O senador Aécio Neves, pré-candidato do PSDB à presidência da República nas eleições de 2014, afirmou deste sábado em Sorocaba, interior de São Paulo, que não fica constrangido com uma possível investigação do Ministério Público (MP) mineiro sobre contratos de seu governo com a empresa do deputado Gustavo Perrela (SDD), que teve um helicóptero da família apreendido com mais de 400 quilos de cocaína.

"Tudo tem de ser investigado em qualquer governo. Tenho orgulho de ter terminado meu mandato com a aprovação lá no alto e sem uma denúncia sequer, mas onde houver denúncia tem de ser investigado."

Aécio falou também que ainda aguarda confiante uma decisão do PPS sobre o pedido de apoio à sua candidatura. "Existem setores do partido que têm uma proximidade histórica com o PSDB, como no meu Estado (Minas Gerais), mas eles vão decidir e temos que respeitar."

No final do encontro com prefeitos, vereadores e parlamentares, Aécio Neves decidiu fazer um corpo a corpo no centro e enfrentou os protestos de cerca de 20 militantes do movimento Domínio Público. "O governo daqui (Sorocaba) é do PSDB e a cidade está um caos na saúde, na educação e na coleta de lixo. Viemos dizer que essa candidatura não nos representa."

Os gritos dos manifestantes foram respondidos pela claque do PSDB. Numa padaria, onde tomou café com leite ao lado do prefeito Antonio Carlos Pannunzio e ex-prefeito Vitor Lippi, Aécio teve de ouvir os protestos isolados de uma moradora, revoltada com a administração da cidade.

Bookmark and Share


Fonte: AE







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.