Correio do Povo

Porto Alegre, 18 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
22ºC
Amanhã
19º 26º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

10/12/2013 07:40 - Atualizado em 10/12/2013 07:47

Polícia resgata afegã que seria apedrejada por talibãs

Mulher foi condenada à morte por trair o marido

A polícia do Afeganistão resgatou em um vilarejo remoto do norte do país uma mulher que seria apedrejada depois que os talibãs a condenaram por enganar o marido, informaram fontes oficiais. Os talibãs, que utilizam sistemas informais de justiça nas áreas rurais do Afeganistão, condenaram a mulher à pena de morte. 

Ela havia sido acusada pelo marido de ter um caso. "Quando a polícia a resgatou, a mulher estava em um quarto das instalações que os talibãs utilizam como base", disse o porta-voz da polícia da província de Kunduz, Sayed Sarwar Hussaini.  O marido entregou a vítima aos talibãs na sexta-feira passada. "Os talibãs estavam preparando as pedras quando a polícia chegou ao local. Eles fugiram e a mulher foi resgatada", disse Hussaini.

O incidente aconteceu no distrito de Dasht-i-Archi, na província de Kunduz, onde os talibãs mantêm uma presença ativa desde que foram expulsos do poder por uma intervenção internacional.

Bookmark and Share


Fonte: AFP







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.