Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
13º 23º


Faça sua Busca


Notícias > Política

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

11/12/2013 18:08 - Atualizado em 11/12/2013 18:24

PF prende sete suspeitos durante operação contra corrupção em Triunfo

Dois secretários municipais e um ex-prefeito da cidade foram detidos

Polícia apreendeu grande quantidade de dinheiro e cheques<br /><b>Crédito: </b> Polícia Federal/Divulgação CP
Polícia apreendeu grande quantidade de dinheiro e cheques
Crédito: Polícia Federal/Divulgação CP
Polícia apreendeu grande quantidade de dinheiro e cheques
Crédito: Polícia Federal/Divulgação CP

Além dos cinco mandados de prisão temporária cumpridos na manhã desta quarta-feira, a Polícia Federal (PF) prendeu em flagrante duas pessoas durante a Operação TR-01 por Porte Ilegal de Arma. A ação ocorreu nesta quarta-feira, nos municípios de Triunfo e Porto Alegre. Foram apreendidos também mais de R$ 64 mil em dinheiro e diversos cheques, muitos em branco e com assinatura.

Diversos diplomas foram arrecadados com os presos que mostravam cursos que os mesmo deveriam ter participado, e as investigações apontaram que não houve tal frequência. Policiais ainda estão no processo de contabilização do material apreendido.

A quadrilha atuava na alternância de poder naquela cidade utilizando práticas como compra de votos, nepotismo cruzado, cotização e diversas fraudes. Dois secretários municipais e um ex-prefeito foram presos na operação. Cerca de 150 policiais federais participaram do cumprimento dos mandados.

A Operação TR-01 abalou a estrutura da quadrilha que buscava a perpetuação na administração no município de Triunfo com uso de cargos públicos e eleitorais para angariar poder e comprar votos com terceirizações e outras práticas criminosas. Dentre os crimes apurados, verificou-se Corrupção Eleitoral, Falsidade Ideológica e Documental Para Fins Eleitorais, Formação de Quadrilha, Fraude em Licitação e Peculato.

Após a prisão dos secretários, a prefeitura confirmou o afastamento dos servidores envolvidos em crimes eleitorais. O prefeito Mauro Poeta disse ter recebido dos agentes uma lista com mais de 30 nomes de pessoas envolvidas no esquema descoberto na cidade. Entre elas, quatro mantêm ligação com a administração municipal: os secretários de Transportes e Mobilidade Urbana João Luiz Meireles de Souza e do Meio Ambiente, Simone Bombassaro, além de dois funcionários que exercem função gratificada. O prefeito ressaltou ter recebido intimação judicial para afastamento dos envolvidos, o que deve ocorrer de imediato.


Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo e Rádio Guaíba







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.