Correio do Povo

Porto Alegre, 16 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
26ºC
Amanhã
19º 29º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

12/12/2013 07:57 - Atualizado em 12/12/2013 08:06

Falso intérprete de sinais afirma que sofreu ataque de esquizofrenia

Homem deu entrevista ao jornal The Star

Thamasanqa Jantjie alegou que sofreu ataque de esquizofrenia<br /><b>Crédito: </b> Pedro Ugarte / AFP / CP
Thamasanqa Jantjie alegou que sofreu ataque de esquizofrenia
Crédito: Pedro Ugarte / AFP / CP
Thamasanqa Jantjie alegou que sofreu ataque de esquizofrenia
Crédito: Pedro Ugarte / AFP / CP

O falso intérprete da linguagem de sinais que atuou na cerimônia fúnebre em homenagem ao ex-presidente sul africano Nelson Mandela afirmou que sofreu um ataque de esquizofrenia provocado pelo estresse. Thamasanqa Jantjie, que agitava as mãos durante vários discursos sem fazer qualquer sentido na linguagem de sinais, deu uma entrevista ao jornal The Star na qual afirmou sofrer de esquizofrenia e que teve um ataque no momento. 

Ele disse que perdeu a concentração, começou a ouvir vozes e teve uma alucinação. "Não consegui fazer nada. Estava sozinho em uma situação muito perigosa. Tentei me controlar e não mostrar ao mundo o que acontecia. Sinto muito", afirmou Jantijie, que declarou não ter conseguido abandonar a tribuna.

Cara Loening, diretora da organização Educação e Desenvolvimento da Linguagem de Sinais da Cidade do Cabo, afirmou que Jantjie era um completa fraude e parecia "que tentava espantar as moscas perto de seu rosto". O diretor da principal associação de surdos do país, Deaf SA, Bruno Druchen, afirmou ao canal eNCA que o partido governista ANC tinha informações sobre o suposto intérprete e que suas atuações "medíocres" já haviam sido apontadas.

Jantjie agitou as mãos sem sentido ao lado de vários oradores, como os netos de Nelson Mandela e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

Bookmark and Share


Fonte: AFP







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.