Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
13º 23º


Faça sua Busca


Notícias > Polícia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

13/12/2013 14:55 - Atualizado em 13/12/2013 15:44

Polícia localiza suspeito pela morte de aposentada em Tramandaí

Homem foi preso na Bahia e estava foragido desde o dia do crime

A Polícia Civil de Tramandaí, no Litoral Norte, localizou o paradeiro do suspeito de envolvimento no assassinato da aposentada Ruth Carvalho dos Santos, 70, ocorrido em agosto deste ano. O acusado foi preso por policiais da DP de Novo Horizonte, na Bahia, na noite de quinta-feira. Ele estava foragido desde o dia do crime.

O delegado Paulo Perez, responsável pelas investigações, deve seguir após o Ano Novo para Bahia para recambiar o suspeito. Ele foi transferido da cidade onde foi preso para Salvador e deve ficar em uma cela na Polinter à disposição da Polícia gaúcha.

De acordo com a Polícia de Novo Horizonte, o homem foi preso por volta das 21h30min, em uma casa na cidade. Os policiais chegaram ao acusado após Perez ter o número de celular do foragido e monitorá-lo. Com a certeza de onde ele estava, Perez enviou, por e-mail, a foto e o mandado de prisão, expedido pela Justiça gaúcha, para a DP baiana. “Ele foi transferido para Salvador, pois a cadeia pública de Novo Horizonte está interditada, após um motim que ocorreu por lá”, contou o delegado. “Ele ficará na Polinter daquele estado a nossa disposição.”

O crime

O crime chocou a comunidade de Tramandaí. Ruth foi dada como desaparecida no dia três de agosto. O caso começou a ser investigado após um caseiro de uma chácara ter estranhado a ausência dela  ter entrado em contato com familiares, relatando o caso. Ruth era natural de Porto Alegre e residia, sozinha, há 20 anos, em um imóvel no centro de Tramandaí.

Na casa da aposentada foram encontrados marcas de sangue no colchão e também nas paredes do quarto. Além disso, de acordo com a polícia, foram roubados cerca de R$ 14mil dos dois cartões de crédito que ela tinha. O carro da aposentada, um Ford EcoSport, acabou sendo apreendido.

Ao ser vistoriado, as autoridaes encontraram no porta-malas do utilitário marcas de sangue. O suspeito conduzia o veículo, mas no momento da abordagem não chegou a ser preso. Após a apreensão do carro, o homem deixou o Estado e passou a condição de foragido.

Bookmark and Share


Fonte: Correio do Povo







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.