Correio do Povo

Porto Alegre, 20 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
24ºC
Amanhã
18º 27º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

15/12/2013 16:40 - Atualizado em 15/12/2013 16:48

EPTC prevê lançar ainda neste ano edital para rastreamento de táxis

Meta é que metade da frota esteja equipada com GPS para a Copa do Mundo de 2014

Meta é que metade da frota esteja equipada com GPS para a Copa do Mundo de 2014<br /><b>Crédito: </b> Mauro Schaefer / CP Memória
Meta é que metade da frota esteja equipada com GPS para a Copa do Mundo de 2014
Crédito: Mauro Schaefer / CP Memória
Meta é que metade da frota esteja equipada com GPS para a Copa do Mundo de 2014
Crédito: Mauro Schaefer / CP Memória

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) espera para esta semana a aprovação do projeto que trata do rastreamento da frota de táxis de Porto Alegre na Câmara Municipal. O diretor-presidente da autarquia, Vanderlei Cappellari, explica que, caso a matéria seja aprovada pelos vereadores, o edital poderá ser lançado na última semana do ano.

A intenção é escolher a empresa responsável pela insfraestrutura do sistema, que possibilitará acompanhamento em tempo real na sede da EPTC, e também dos GPSs nos veículos. Para ajudar no custeio, haverá alteração no horário da bandeira 2. Atualmente, a partir das 22h os taxistas cobram o valor de R$ 2,74, enquanto a bandeira 1, a R$ 2,11, vigora das 6h às 22h. Com a mudança, a bandeira 2 passará a valer por mais duas horas, a partir das 20h.

Além do auxílio no pagamento do GPS, Cappellari fala que a medida tem a intenção de estimular a circulação dos veículos no período, já que é registrada grande demanda por táxis entre 20h e 22h na Capital.

Ele diz que o objetivo do rastreamento é melhorar a gestão do serviço na cidade, proporcionamento mais segurança e qualidade aos usuários. Com o monitoramento em tempo real, tanto pela EPTC quanto pelo permissionário, será possível verificar a velocidade do tráfego, itinerário, entre outros itens. Assim, em caso de reclamação haverá possibilidade de identificar de qual veículo se trata e também para situações em que passageiros esquecem algum objeto nos táxis.

A meta da EPTC é iniciar a instalação dos GPSs em março, para que até a Copa do Mundo, que inicia em 15 de junho, pelo menos metade da frota de quase 4 mil táxis já esteja equipada.

Outro projeto que também tramita na Câmara prevê a concessão do serviço de táxis para mais 120 permissionários, que deverão disponibilizar veículos adaptados a cadeirantes. Conforme o presidente da EPTC, a previsão é que a licitação seja lançada em janeiro.

Bookmark and Share

Fonte: Camila Kila / Rádio Guaíba







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.