Correio do Povo

Porto Alegre, 19 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
16º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

16/12/2013 18:24 - Atualizado em 16/12/2013 18:38

Casa Branca se nega a negociar com Snowden

Norte-americanos querem a volta de Snowden ao país

A Casa Branca se negou a negociar, nesta segunda-feira, com Edward Snowden em troca dos documentos roubados. As autoridades ainda exigiram que o ex-analista de inteligência volte aos Estados Unidos, onde é acusado de espionagem.

Depois do funcionário da NSA (Agência Nacional de Segurança, na sigla em inglês) Rick Ledgett ter dito que, "do ponto de vista pessoal", seria favorável a negociar com Snowden para recuperar os documentos, Jay Carney, porta-voz da Casa Branca, respondeu que a "posição não mudou". O ex-analista está na Rússia, onde recebeu asilo temporário. Carney ressaltou que Ledgett expressou sua "opinião pessoal" e lembrou que Snowden foi "acusado de vazar informações confidenciais e enfrenta acusações que constituem um crime" nos Estados Unidos.

Snowden "deve voltar aos Estados Unidos o mais rapidamente possível" para responder por essas acusações e "seria beneficiado com plenas proteções" constitucionais, acrescentou Carney. O ex-consultor de inteligência desencadeou uma polêmica depois de revelar os programas de vigilância da NSA, do qual foram alvos em particular países aliados dos Estados Unidos e seus dirigentes.

Snowden se apropriou de 1,7 milhão de documentos. Cerca de 58 mil deles foram divulgados à imprensa, segundo o chefe de redação do jornal britânico The Guardian.

Bookmark and Share


Fonte: AFP







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.