Correio do Povo

Porto Alegre, 20 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
23ºC
Amanhã
18º 27º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

17/12/2013 18:31 - Atualizado em 17/12/2013 18:48

Dnit vai liberar 20 quilômetros duplicados da BR 386 em fevereiro

Trecho anunciado vai ligar as cidades de Bom Retiro do Sul e Tabaí

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) anunciou nesta terça que irá autorizar o tráfego em cerca de 20 quilômetros duplicados na BR 386. A liberação deve ocorrer a partir do início de fevereiro de 2014. O trecho liga as cidades de Bom Retiro do Sul e Tabaí, no região do Vale do Taquari.

O engenheiro responsável pela obra, Hiratãn Pinheiro da Silva, explicou que o trânsito nas pistas duplicadas só depende da conclusão dos retornos e dos acessos às cidades, além da colocação da sinalização e troca de bueiros nas pistas existentes.

A duplicação da BR 386, entre Estrela e Tabaí, em uma extensão total de 33,9 quilômetros, deve ficar pronta ainda em 2014, de acordo com o departamento. O término está subordinado à construção da nova aldeia caingangue, em Estrela, onde hoje dois quilômetros estão trancados para obras. Em novembro, foi homologada a licitação que definiu as empresas que vão executar o projeto.

O engenheiro informou que ainda neste ano deve ser assinado o contrato. “Depois de dada a ordem de serviço, iremos contatar a Fundação Nacional do Índio (Funai) para que libere os dois quilômetros restantes.” Silva destaca que, mesmo às margens da rodovia, os indígenas não correm riscos de acidentes, porque haverá isolamento para evitar travessias. Se o pedido for acatado, a previsão é de que, em cinco meses, a duplicação esteja concluída. O engenheiro adianta que, no trecho, deve ser mantido os 80 quilômetros por hora.

O vice-presidente de Infraestrutura da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil), Leandro Eckert, que integrou a comitiva de visita ao Dnit, coloca que a conclusão da duplicação na BR 386, aliada à liberação da Rodovia do Parque (BR 448), irá melhorar a segurança e economizar tempo dos motoristas. “Acreditamos que a viagem de Lajeado a Porto Alegre será reduzida em 45 minutos”, estima.

O presidente da Acil, Ronaldo Zarpellon, acrescenta que o término das obras na BR 386 irá “aproximar e conectar o Vale do Taquari” com a Capital. “O Vale hoje está aplaudindo esta deliberação feita hoje na sede do Dnit.” Na reunião, que também contou com a presença da Federasul, o Dnit anunciou ainda que irá lançar o edital de licitação da construção do novo viaduto sobre a linha férrea, na BR 386, em Canoas, no km 442. Atualmente, as pistas, não-duplicadas, têm sido motivos de uma série de congestionamentos, mesmo em horários que não são considerados de pico.

Bookmark and Share

Fonte: Cintia Marchi / Correio do Povo





» Tags:Geral Dnit BR 386


O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.