Correio do Povo

Porto Alegre, 18 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
26ºC
Amanhã
16º 23º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

19/12/2013 09:57 - Atualizado em 19/12/2013 10:02

Tribunal egípcio absolve de corrupção ex-premier e filhos de Mubarak

Governo militar prevê eleições presidenciais e legislativas para 2014

<br /><b>Crédito: </b> Khaled Desouki / AFP / CP

Crédito: Khaled Desouki / AFP / CP

Crédito: Khaled Desouki / AFP / CP

Um tribunal egípcio absolveu das acusações de corrupção Ahmed Shafiq, primeiro-ministro durante o governo de Hosni Mubarak e ex-candidato à presidência, e dois filhos do ex-presidente derrubado por uma revolta popular. Shafiq fugiu para os Emirados Árabes Unidos pouco depois de ser derrotado pelo islamita Mohamed Mursi, por pequena margem, nas eleições presidenciais de 2012, um ano antes do exército destituir o primeiro presidente eleito de maneira democrática no Egito.

Shafiq enfrenta outro julgamento por corrupção, assim como os filhos de Mubarak, Alaa e Gamal, e não anunciou publicamente se retornará ao país e disputará as eleições caso seja absolvido de todas as acusações. O ex-premier é acusado de corrupção pela venda aos filhos de Mubarak de terrenos que havia adquirido quando era alto funcionário do regime do pai de ambos.

O governo militar atualmente no poder no Egito prevê celebrar eleições presidenciais e legislativas em 2014. Segundo os rumores, o general Abdel Fatah al-Sisi, vice-primeiro-ministro, ministro da Defesa e comandante-em-chefe do exército, disputará ase eleições, com grandes chances de vitória. Al-Sisi não confirmou a candidatura, mas se disputar a eleição, analistas acreditam que ex-comandantes militares como Shafiq não entrarão no pleito.

Bookmark and Share


Fonte: AFP







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.