Correio do Povo

Porto Alegre, 19 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
22ºC
Amanhã
15º 24º


Faça sua Busca


Notícias > Política

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

19/12/2013 15:10 - Atualizado em 19/12/2013 15:51

Supremo rompeu tradição ao decretar prisões, diz Joaquim Barbosa

Presidente afirmou que ações no STF servem de recado como uma mudança de página

Presidente afirmou que ações no STF servem de recado como uma mudança de página<br /><b>Crédito: </b> José Cruz / Agência Brasil / CP
Presidente afirmou que ações no STF servem de recado como uma mudança de página
Crédito: José Cruz / Agência Brasil / CP
Presidente afirmou que ações no STF servem de recado como uma mudança de página
Crédito: José Cruz / Agência Brasil / CP

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, afirmou nesta quinta-feira que a Corte rompeu, em 2013, uma tradição longa em que parlamentares não eram presos. Segundo Barbosa, as prisões decretadas pelo Supremo neste ano servem de recado como uma mudança de página, mas não significam o fim da corrupção. Barbosa participou, nesta manhã, da última sessão do Supremo, antes do recesso do Judiciário, que começa nesta sexta. Os trabalhos serão retomados em fevereiro.

Em uma avaliação sobre as decisões que foram tomadas pelo STF, Barbosa disse que todos os condenados devem cumprir suas penas, independentemente dos cargos que ocupam. “Desde que demonstrada a violação de normas penais, não há por que criar exceções para A, B ou C, em função dos cargos que exercem. Esta é a novidade deste ano: rompimento com uma tradição longa.”

Em junho, o Supremo determinou a prisão do deputado federal afastado Natan Donadon (sem partido-RO), condenado a 13 anos, quatro meses e dez dias de prisão pelos crimes de peculato e formação de quadrilha. No dia 15 de novembro, Barbosa decretou a prisão de 17 condenados no processo do mensalão. Entre eles, estavam os deputados Pedro Henry (PP-MT), José Genoino (PT-SP) e Valdemar Costa Neto (PR-SP), que renunciaram ao mandato.

Bookmark and Share


Fonte: Agência Brasil







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.