Correio do Povo

Porto Alegre, 17 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
19º 29º


Faça sua Busca


Notícias > Política

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

26/12/2013 18:51 - Atualizado em 26/12/2013 18:59

Genoino pede para cumprir prisão domiciliar em São Paulo

Condenado no mensalão alega que está morando de favor em Brasília

Genoino pede para cumprir prisão domiciliar em São Paulo<br /><b>Crédito: </b> Jose Cruz / ABr / CP Memória
Genoino pede para cumprir prisão domiciliar em São Paulo
Crédito: Jose Cruz / ABr / CP Memória
Genoino pede para cumprir prisão domiciliar em São Paulo
Crédito: Jose Cruz / ABr / CP Memória

Em prisão domiciliar em Brasília desde novembro, o ex-deputado federal José Genoino (PT) pediu, nesta
quinta-feira, autorização para se transferir para São Paulo, onde vivem sua mulher e dois filhos do casal. Na petição
entregue ao Supremo Tribunal Federal (STF), os advogados do ex-parlamentar afirmam que seria mais correto e adequado que ele cumprisse a pena perto da família e na cidade onde foi submetido recentemente a um procedimento cardíaco.

Segundo a defesa, apesar de uma das filhas de Genoino morar no Distrito Federal, ele está "por enorme favor" na casa de um "eupático e generoso contraparente" em Brasília. "A imprensa erra ao noticiar que está na casa de sua filha Mariana, pois esta, muito modesta e de apenas um cômodo, não teria condições espaciais de abrigá-lo", sustentaram os advogados no documento. A filha de Genoino mora em um apartamento duplex de 60 metros quadrados em condomínio localizado no Guará II, bairro de classe média distante 18 quilômetros do centro de Brasília.

Preso em novembro para cumprir pena por participação no mensalão, José Genoino ficou menos de uma semana no complexo penitenciário da Papuda, no Distrito Federal. Ele deixou o estabelecimento prisional após reclamar de problemas cardíacos, passou por uma avaliação num hospital de Brasília e, em seguida, recebeu autorização para cumprir provisoriamente a pena em prisão domiciliar.

Agora, Genoino quer ir para São Paulo. Conforme a defesa, o deslocamento se dará "por meios próprios". De acordo com seus advogados, "é naquela cidade, na Rua Maestro Carlos Cruz no. 154, que mantém sua única moradia, residência própria adquirida pelo antigo sistema do B.N.H., há mais de trinta anos".

Na petição, os advogados revelaram que Genoino tem consulta e exames pré-agendados no Hospital Sírio Libanês para o próximo dia 7. Em julho o ex-deputado foi submetido a um procedimento cardiológico e, segundo a defesa, precisa passar por controle periódico de seu quadro clínico. O pedido de Genoino deverá ser analisado nos próximos dias pelo presidente do STF e relator do processo do mensalão, Joaquim Barbosa. Também caberá a Barbosa definir a situação do ex-deputado federal Roberto Jefferson, que delatou o esquema do mensalão e foi condenado. Jefferson foi submetido no ano passado a uma cirurgia para extração de um tumor no pâncreas e
pretende cumprir a pena em prisão domiciliar.

Segundo seus advogados, nenhum estabelecimento prisional teria condições de garantir os cuidados necessários para a manutenção da saúde do ex-parlamentar. Documento incluído pela defesa no processo informa que Jefferson segue uma dieta rigorosa, que inclui itens como salmão defumado e geleia real.


Bookmark and Share

Fonte: AE







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.