Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
12º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

26/12/2013 21:05 - Atualizado em 26/12/2013 21:11

Chuvas deixam 9,4 mil pessoas fora de suas casas em Minas Gerais

Dilma interromperá férias nesta sexta para visitar Estado que registrou 18 mortes nos temporais

A forte chuva no estado de Minas Gerais já deixou mais de 9,4 mil pessoas fora de suas casas. De acordo com boletim da Defesa Civil, nesta quinta-feira,  6.959 pessoas estão desalojadas e 2.460 desabrigadas. Dados atualizados indicam que 229 obras de infraestrutura estão danificadas e 112, destruídas. No Estado vizinho do Espírito Santo, a enxurrada causou pelo menos 27 mortes.

Além disso, 34 cidades já decretaram situação de emergência em razão dos temporais. Mais de 7 mil casas foram danificadas e 116, destruídas. Os últimos municípios a decretar situação de emergência foram Araçuaí, Caraí, Conselheiro Pena, Francisco Sá, Ladainha, Malacacheta, Marilac e Mercês.

Segundo o boletim da Defesa Civil, há 60 pessoas feridas e o número de mortos chega a 18. A última morte ocorreu na madrugada desta quinta-feira em Juiz de Fora, onde foi encontrado o corpo de uma mulher. Ela estava dentro de uma casa que desabou.

A presidente Dilma Rousseff interromperá as férias para visitar, nesta sexta, as áreas afetadas pelas chuvas. De acordo com o ministro da Integração Nacional, Francisco José Teixeira, durante a visita Dilma vai oferecer ajuda ao governador de Minas, Antonio Anastasia (PSDB).

Bookmark and Share

Fonte: Agência Brasil







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.