Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
13º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

27/12/2013 08:57 - Atualizado em 27/12/2013 09:27

Detran-RS pede adiamento do uso de simuladores em CFCs

No Estado são necessários 819 equipamentos

O Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran-RS) solicitou ao Conselho Nacional de Trânsito (Contran) um adiamento da obrigatoriedade do uso de simuladores em Centros de Formação de Condutores (CFCs) no Estado.

Conforme o presidente da autarquia, Leonardo Kauer, os estabelecimentos estão em fase de adaptação. Kauer acredita que outras federações farão o mesmo pedido. Outro ponto é de que as empresas fornecedoras do equipamento não estão conseguindo fornecer o total solicitado pelos CFCs.

A obrigatoriedade ocorre a partir de 1º de janeiro. Só no Rio Grande do Sul são necessários 819 equipamentos para todos os CFCs. Cada um custa de R$ 38 mil a R$ 47 mil. Está certo que a habilitação vai ficar mais cara assim que os simuladores entrarem em operação. A estimativa do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores (SindiCFC-RS) é de que o reajuste possa ser de até R$ 300. O Detran estima que fique em torno de R$ 150. A primeira habilitação custa atualmente em torno R$ 1,2 mil.

Bookmark and Share

Fonte: Jerônimo Pires / Rádio Guaíba







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.