Correio do Povo

Porto Alegre, 19 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
22ºC
Amanhã
15º 24º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

30/12/2013 08:27 - Atualizado em 30/12/2013 10:21

Estado encampa quatro polos de pedágios

Com a presença do governador, ato na praça da BR 386 marcará retomada

O governo do Estado assume a administração de mais quatro polos de pedágio, há 15 anos concedidos à iniciativa privada no Rio Grande do Sul. O governador Tarso Genro estará às 16h desta segunda-feira na praça de pedágio da BR 386, entre Carazinho e Sarandi, para participar de ato que marcará a retomada pelo Estado dos polos de Carazinho, Vacaria, Metropolitano e de Gramado. Nesta segunda-feira encerram-se os contratos rodoviários mantidos com as concessionárias Coviplan, Rodosul, Univias e Brita Rodovias.

Nos casos de Carazinho e Vacaria, polos compostos por rodovias federais, as estradas serão entregues à administração da União, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e não terão mais pedágios cobrados.

Em relação aos chamados polos Metropolitano e de Gramado, os pedágios passarão a ser administrados pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). Em Viamão, a praça está localizada na ERS 040 e, em Santo Antônio da Patrulha, na ERS 474. No polo de Gramado, além da ERS 235, as praças estão em Três Coroas (ERS 115) e São Francisco de Paula (ERS 235).

Nas rodovias que passarão à administração da EGR, a economia para quem trafega de automóvel em dias úteis da semana (sendo um trecho de ida e outro de volta), passa de R$ 3,5 mil em um ano. Considerando a tarifa mais baixa paga atualmente (R$ 7,00 por trecho), a redução será de R$ 308 mensais e de R$ 3.696 a cada ano.

A Metrovias - integrante do consórcio Univias -, porém, decidiu encerrar a cobrança do pedágio nas praças de Viamão (ERS 040), Santo Antônio da Patrulha (ERS 474), Eldorado do Sul (BR 290), Pantano Grande (BR 290) e Guaíba (BR 116) às 14h desse domingo. Por meio de nota, a concessionária ressaltou que à meia-noite desta segunda-feira terminaria com as atividades nas ERSs 030, 040, 474 e 784, e nas BRs 116, 153 e 290, com o que cessarão os serviços de guinchos, ambulâncias e inspeção de tráfego. Deixarão de ser atendidas as chamadas de emergência e ouvidoria, sendo desativado o telefone 0800. A Metrovias ainda fez um agradecimento especial aos policiais rodoviários e à população "pela relação de parceria, mútua confiança, respeito e carinho que foi construída durante a prestação dos serviços".

Ambulâncias: Dnit sem previsão

Com o fim das concessões privadas nos polos de pedágio de Caxias do Sul e Lajeado, cerca de 490 quilômetros de estradas não contarão com a manutenção dos serviços de guincho e ambulância. A Superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre no Rio Grande do Sul (Dnit/RS) informou que, "por enquanto", não há previsão de contratação dos serviços de guincho e ambulância em 92 quilômetros da BR 116, do extinto polo de Caxias e em 130 quilômetros da BR 386, em Lajeado. Somando as estradas federais, que estão retornando para a administração do governo federal, serão 222 quilômetros sem a prestação do serviço.

O Dnit/RS informou, por meio de nota, que não vai haver serviço de guincho e ambulância nas estradas que serão devolvidas ao poder público em 2014. O serviço fica mantido só enquanto as concessionárias estiverem operando. "O Dnit não tem na relação de seus serviços rotineiros de operação/manutenção das estradas federais, o atendimento ao usuário por guinchos ou ambulâncias", diz a nota.

Governo anuncia obra na ERS 040

O primeiro anúncio de obra, que chega com o fim dos pedágios, vai agradar muito aos usuários da ERS 040. O secretário de Infraestrutura e Logística do Estado, João Vitor Domingues, revelou ontem que um dos primeiros resultados práticos consequentes da gestão estadual das rodovias antes concedidas a entes privados será a terceira pista nos dois sentidos da estrada, no trecho entre a localidade de Águas Claras, em Viamão, e o município de Capivari do Sul. O valor do investimento será de R$ 190 milhões e a previsão é que a execução da obra leve 18 meses.

Domingues explicou que uma das principais fontes de recursos será a União. Ele garantiu que a estratégia de retomada da administração pública das estradas foi definir a parceria da governo federal para financiamento da infraestrutura no RS. "Não seria possível assumir a gestão imediata das rodovias sem a garantia de investimentos que foi obtida junto à União. Outra obra prevista é a construção de uma passarela de pedestres há tempos solicitada pela comunidade em Parobé", citou.

O secretário também destacou que os usuários sentirão no bolso a diferença quando as praças de pedágio retomarem a cobrança. "Até 6 de janeiro não haverá nenhuma cobrança. Quando recomeçarem a operar, os pedágios estarão mais baratos do que eram, quando estavam nas mãos das concessionárias", afirmou. Além disso, segundo o secretário, a Empresa Gaúcha de Rodovias tem o compromisso de aplicar pelo menos 80% de sua arrecadação de volta nas rodovias.

Outra novidade para as rodovias gaúchas é o aporte de 30 controladores de velocidade portáteis, anunciado pelo governo do Estado. A compra dos equipamentos será realizada por pregão eletrônico. A abertura ocorrerá hoje, 9h05min, no Centro Administrativo Fernando Ferrari. O edital 990/2013, com regulamento e detalhamento, está disponível no site www.sarh.rs.gov.br, link Celic.

Compare os preços:

Veículos de passeio e utilitários com 2 eixos
Valor atual: R$ 7,00
Valor EGR: R$ 5,20

Veículos comerciais (2 eixos)
Valor atual: R$ 8,80
Valor EGR: R$ 6,10

Veículos comerciais (3 eixos)
Valor atual: R$ 13,20
Valor EGR: R$ 9,20

Veículos comerciais (4 eixos)
Valor atual: R$ 17,60
Valor EGR: R$ 12,30

Veículos comerciais (5 eixos)
Valor atual: R$ 22,00
Valor EGR: R$ 15,40

Veículos comerciais com 6 ou mais eixos
Valor atual: R$ 26,40
Valor EGR: R$ 18,50

Veículos de passeio e utilitários com 2 eixos e reboque com 1 eixo
Valor atual: R$ 10,50
Valor EGR: R$ 7,90

Veículos de passeio e utilitários com 2 eixos e reboque com 2 eixos
Valor atual: R$ 14,00
Valor EGR: R$ 10,50

Fonte: EGR

Bookmark and Share


Fonte: Correio do Povo







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.