Correio do Povo

Porto Alegre, 18 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
26ºC
Amanhã
16º 23º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

30/12/2013 14:41

Motoristas se surpreendem com liberação de pedágio na ERS 040

EGR assumirá a cobrança a partir do dia 6 de janeiro

Motoristas se surpreendem com liberação de pedágio na ERS 040<br /><b>Crédito: </b> Tarsila Pereira
Motoristas se surpreendem com liberação de pedágio na ERS 040
Crédito: Tarsila Pereira
Motoristas se surpreendem com liberação de pedágio na ERS 040
Crédito: Tarsila Pereira

Com buzinaço, os motoristas passaram nesta segunda pela praça de pedágio da ERS 040, em Viamão, uma das rodovias que voltou a ser administrada pelo governo do Estado. Usada como caminho para o Litoral Norte, a estrada registrou grande fluxo de motoristas, os quais se surpreenderam com a liberação da tarifa. O militar Carlos Nunes, 48 anos, e a filha, a pedagoga Gabriela de Assis, 28, haviam até mesmo separado o dinheiro trocado para pagar o pedágio em Viamão, por onde passaram para seguir até Magistério. “Pedagiada, a rodovia está boa. Quero ver como vai ficar agora”, disse Nunes, demonstrando preocupação.

Quanto a isso, o governador Tarso Genro declarou que o serviço prestado pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) será melhor do que o que vinha sendo realizado pelas concessionárias. Há 15 anos os polos de Carazinho,Vacaria, Metropolitano e de Gramado estavam concedidos à iniciativa privada. No caso de Carazinho e Vacaria, compostos por rodovias federais, as estradas serão entregues à administração da União, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e não terão mais pedágios cobrados.

Além da praça de pedágio em Viamão, a Metrovias, integrante do consórcio Univias, decidiu encerrar a cobrança do pedágio em Santo Antônio da Patrulha (ERS 474), Eldorado do Sul (BR 290), Pantano Grande (BR 290) e Guaíba (BR 116). Os serviços de guinchos, ambulâncias e inspeção de tráfego deixaram de ser realizados pela concessionária.

A partir do dia 6 de janeiro, a EGR assume a cobrança, porém com o valor mais baixo. A ERS 040 deverá ser duplicada, no trecho entre Águas Claras, em Viamão, e Capivari do Sul, com um investimento de R$ 190 milhões. O secretário de Infraestrutura e Logística, João Vitor Domingues, destacou que a população não precisa se preocupar com o atendimento na rodovias, que deve passar a ser realizado pelos bombeiros, através de um convênio. “A EGR irá equipar os batalhões. Serão compradas 30 ambulâncias”, disse, explicando que o processo de mudança já está sendo implementado. Segundo ele, o atendimento médico será mais qualificado do que o anterior. “As ambulâncias contavam com motoristas e socorristas e agora vão ter médicos e equipamentos de UTI”, declarou.

Para a prefeitura de Viamão, haverá perda de arrecadação do Imposto sobre Serviços de qualquer Natureza (ISS), repassado pela concessionária, já que existe a previsão de redução do pedágio. “Por outro lado, a população deve ganhar com isso”, disse o prefeito Valdir Bonatto. Os moradores que têm carros emplacados na cidade seguem com isenção da tarifa.

Nas praças da Serra, onde a tarifa era de R$ 7,90, a EGR irá praticar preço único de R$ 5,90. Em Viamão e em Santo Antônio, será executado o tarifário vigente nas demais praças retomadas da iniciativa privada em 2013, o que representa uma economia de pelo menos 26% para automóveis, e 30% para caminhões - dependendo da quantidade de eixos.

Fonte: Karina Reif / Correio do Povo





» Tags:Estradas Geral


O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.