Correio do Povo

Porto Alegre, 17 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
19ºC
Amanhã
19º 29º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

30/12/2013 23:34 - Atualizado em 30/12/2013 23:36

Tempo instável deve marcar último dia do ano no RS

Vendaval na Usina do Gasômetro deu "aviso" sobre condições do tempo no Réveillon

Vendaval na Usina do Gasômetro deu aviso sobre condições do tempo no Réveillon<br /><b>Crédito: </b> Fabiano do Amaral
Vendaval na Usina do Gasômetro deu aviso sobre condições do tempo no Réveillon
Crédito: Fabiano do Amaral
Vendaval na Usina do Gasômetro deu aviso sobre condições do tempo no Réveillon
Crédito: Fabiano do Amaral

Nuvens pretas e carregadas deixaram o céu de Porto Alegre fechado no final da tarde desta segunda-feira. Não chegou a chover na Capital, mas a equipe que montava o palco para o Réveillon da cidade levou um susto com o vento forte que derrubou três banheiros químicos e algumas grades na Usina do Gasômetro. Serviu de aviso para a previsão de uma passagem de ano com tempo instável no Rio Grande do Sul.

O último dia de 2013 deve ser abafado e com pancadas de chuva devido à passagem de uma frente fria vinda da Argentina pelo Estado. O sol até aparece em algumas áreas do Estado, mas a nebulosidade aumentará e chove já no início do dia em alguns pontos. À tarde, as pancadas atingem maior número de cidades, com risco de chuva forte e de temporais isolados.

À noite, na hora da virada, tempo seco na maioria dos municipios com chuva apenas isolada no Estado. Segue quente e abafado. Na quarta, predominará ainda a nebulosidade com aberturas de sol em algumas regiões, mas ocorrem pancadas de chuva, até localmente fortes, e temporais isolados.

O ano de 2013 termina marcado como mais um de extremos. Tivemos eventos de chuva volumosa que levaram caos a diversas cidades e à Capital, a maior cheia do Sinos desde 1965 e um inverno rigoroso com abundante queda de neve, como não se via desde 1994. E 2014 também pode começar com extremos.

A massa de ar quente e úmida, responsável pelo abafamento e temporais isolados com chuva forte a intensa e até granizo, mantém a possibilidade de fenômenos severos localizados como aguaceiros neste último dia do ano e no primeiro de 2014.

Preocupação maior, porém, é reservada para quinta e sexta. Um centro de baixa pressão derrubará a pressão atmosférica abaixo do valor crítico de 1000 hPa, e após pela passagem de frente fria na sexta, os dois dias são de alto risco de chuva intensa no Estado, com alagamentos e transtornos.

Com informações de Cláudio Isaías/Correio do Povo




Fonte: Metsul







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.