Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
12º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

31/12/2013 14:24

Corsan isentará moradores de Gravataí de 50% da tarifa básica

Empresa admitiu que 11% da população ficou desabastecida por uma semana na cidade

A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) reconheceu a persistência da falta d'água para cerca de 9,6 mil clientes de Gravataí, de 24 a 30 de dezembro, e decidiu isentar essa parcela de consumidores de 50% do valor da tarifa básica, que é de R$ 18,25, na fatura de janeiro. Com o valor, de R$ 9,12, é possível comprar uma bombona de 20 litros de água mineral. O município soma hoje 87,3 mil pontos de consumo.

• Viamão avalia acionar MP para garantir abastecimento

Com a medida, a Corsan admite que 11% da população ficou desabastecida por uma semana, mas não garante desconto na conta de água, apenas na tarifa básica, abrindo mão de um valor estimado em R$ 87 mil.  A estatal reconheceu que o sistema de abastecimento da cidade não conseguiu suportar o aumento de 30% no consumo.

Para que a intermitência no serviço não se repita, a companhia sustenta estar finalizando obras que aumentarão a produção de água na estação de tratamento em 200 L/s. E até março, essa vazão vai ser ampliada de de 370 L/s para 700 L/s, um acréscimo de 90%.

A Corsan também detalhou as obras em curso em cidades próximas a Porto Alegre.

Viamão
• Obras de mais de R$ 5 milhões em andamento. Ampliação da captação e da estação de bombeamento, mais uma adutora de água bruta e uma estação de tratamento. O dinheiro é oriundo do PAC. A Corsan ainda garante que, no município, o abastecimento já se normalizou. A estatal fala, ainda, que está em fase de liberação de recursos um valor já conquistado junto ao PAC de R$ 58,72 milhões. As obras servem para ampliar o sistema integrado de Alvorada e Viamão.

Gravataí
• Já estão concluídos e em operação dois reservatórios apoiados. O investimento de R$ 3,92 milhões foi captado junto ao PAC. As obras de ampliação da reservação, adução e otimização dos sistemas em Gravataí estão em fase de conclusão. O valor do empreendimento é de R$ 2,85 milhões e é originado do PAC.

Cachoeirinha
Para ampliar o sistema de distribuição, agregando ligações potenciais no Distrito Industrial (rua Frederico Ritter), a Corsan investiu R$ 2,26 milhões com recursos do PAC. A obra já está concluída e operando.

Canoas
• Com R$ 31 milhões oriundos do PAC, 21 quilômetros de redes de distribuição e dois reservatórios nos bairros Guajuviras e Marco Quarteirão já foram concluídos. A inauguração deve ocorrer em breve. Também com valores do PAC, a Corsan está investindo R$ 3,88 milhões para implantar o tratamento mecanizado do lodo da estação de tratamento Rio Branco. As obras seguem em andamento.


Bookmark and Share

Fonte: Rádio Guaíba





» Tags:Gravataí Geral


O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.