Correio do Povo

Porto Alegre, 16 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
28ºC
Amanhã
19º 29º


Faça sua Busca


Notícias > Tecnologia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

02/01/2014 08:44 - Atualizado em 02/01/2014 08:48

Grupo sírio ataca conta do Skype no Twitter

Mensagem alertava sobre espionagem eletrônica

O Exército Eletrônico Sírio (SEA, na sigla em inglês), uma organização de hackers, atacou nessa quarta-feira as contas no Twitter da rede social Skype para acusar a Microsoft de espionar os usuários. "Não usem os e-mails da Microsoft (hotmail, outlook). Estão monitorando as suas contas e vendendo dados aos governos. Em breve mais detalhes. #SEA", afirmavam durante alguns minutos as contas do Skype no Twitter.

A mensagem permaneceu no ar por pouco menos de duas horas. A Microsoft não comentou o incidente. O SEA respalda o governo de Damasco.  Em uma mensagem em sua conta no Twitter, o SEA escreveu: "Você pode agradecer a Microsoft por espionar as suas contas e e-mails". Em seguida mostrava informações de contato do diretor executivo da Microsoft, Steve Ballmer.

O grupo já atacou as contas do jornal New York Times, da AFP e de outros meios de comunicação.  Os últimos ataques do SEA foram vinculados às revelações sobre o programa de vigilância PRISM da Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos, divulgadas pelo ex-analista de inteligência Edward Snowden.

O PRISM foi concebido para fornecer à NSA e ao FBI um acesso fácil aos sistemas de nove grandes empresas de internet do mundo, incluindo Google, Facebook, Microsoft, Apple, Yahoo e Skype. Ao que parece, o programa permitiu à NSA de espionar mensagens de áudio e vídeo por meio de "backdoors". O Skype negou a existência de tal acesso.

Bookmark and Share


Fonte: AFP







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.