Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
12º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

02/01/2014 10:17 - Atualizado em 02/01/2014 10:24

Homem é condenado a 80 chibatadas por difamar cantora no Twitter

Saudita também terá que pagar fiança e cumprir três meses de prisão

Uma mensagem no Twitter contra a cantora kuwaitiana Shams saiu caro para um saudita que foi condenado a três meses de prisão e 80 chicotadas por acusá-la de adultério, informou nesta quinta-feira o jornal Sabq. Fã da cantora Aglam, que rivaliza com Shams, o homem acusou sem provas a cantora de adultério, segundo a publicação da Arábia Saudita.

O acusado ainda pode recorrer da decisão com base na lei islâmica (sharia), que prevê a flagelação para os que acusam uma mulher de adultério sem apresentar quatro testemunhas oculares. O homem, que tem uma conta no Twitter com o nome de "advogado da rainha Ahlam", também foi condenado a pagar uma multa de 10 mil riais sauditas (2,7 mil dólares).

Segundo o Sabq, o homem também postou em sua conta fotos manipuladas que mostram Shams em posições "obscenas". O Twitter é muito popular na Arábia Saudita, um país ultraconservador que está entre os dez países que censuram a imprensa de acordo com a lista elaborada pelo Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). Cerca de 41 % dos internautas usam o Twitter no reino, de acordo com um estudo realizado nos Estados Unidos.

Bookmark and Share


Fonte: AFP







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.