Correio do Povo

Porto Alegre, 20 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
23ºC
Amanhã
18º 27º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

02/01/2014 11:22 - Atualizado em 02/01/2014 11:29

Resgatados passageiros de navio russo preso na Antártica

Tripulantes e passageiros foram retirados de embarcação por helicóptero chinês

Tripulantes e passageiros foram retirados de embarcação por helicóptero chinês
Crédito: Andrew Peacock / AFP / CP

Os 52 passageiros do navio russo "Akademik Shokalskiy", bloqueado desde 24 de dezembro na Antártica, foram resgatados nesta quinta-feira por helicóptero e estão a salvo em uma embarcação australiana. O capitão do "Aurora Australis" confirmou que "os 52 passageiros do "Akademik Shokalskiy" já estão a bordo do barco" australiano, anunciou a Autoridade de Segurança Marítima Australiana (AMSA).

Os passageiros da expedição foram transportados em grupos de 12 por um helicóptero do quebra-gelos chinês "Xue Long" até a embarcação australiana. Após várias tentativas frustradas, o helicóptero chinês conseguiu iniciar as operações de retirada dos passageiros na tarde desta quinta-feira (horário local).

A AMSA, que coordenou a operação, anunciou que todos os passageiros chegaram sãos e salvos ao "Aurora Australis" às 22h15min (9h15min de Brasília), quase quatro horas depois do início do resgate. O líder da expedição, Chris Turney, expressou alívio no Twitter. "Conseguimos chegar ao Aurora Australis sãos e salvos. Um enorme agradecimento aos chineses e à divisão antártica australiana por seu trabalho duro", escreveui A tripulação do "Akademik Shokalskiy" permanecerá a bordo até que a embarcação tenha condições de voltar a navegar.

O navio russo, com 22 tripulantes e 52 passageiros a bordo, entre cientistas e turistas, está bloqueado desde 24 de dezembro em uma área situada 100 milhas náuticas ao leste da base francesa Dumont d'Urville. A operação de resgate começou mais tarde que o previsto em consequência das condições climáticas desfavoráveis, informou a
AMSA.  Até então todas as tentativas de resgate haviam fracassado.

Os quebra-gelos mobilizados foram obrigados a retornar pela incapacidade de fraturar as geleiras. Na segunda-feira, o "Aurora Australis" também foi obrigado a desistir por causa do mau tempo, mas permaneceu na região para coordenar as operações com o quebra-gelos chinês.

O helicóptero fará outras viagens para recuperar material científico e a bagagem dos passageiros A embarcação estava em uma zona apta para a navegação nesta época do ano, mas uma brusca mudança nas condições climáticas provocou uma deriva para uma zona glacial na qual permaneceu bloqueada.

A missão, que reproduz a expedição histórica à Antártica realizada há um século (1911-1914) pelo explorador australiano Douglas Mawson, havia começado há três semanas. Os passageiros receberam o ano novo com alegria, cantando um hino que compuseram para dar as boas-vindas a 2014. Chris Turney contou ter recebido 2014 com uma taça de vinho australiano, e que compor a música ajudou a manter o ânimo na embarcação. "A verdade é que foi bastante assombroso", disse pelo Skype.

Ele contou ainda que as pessoas a bordo conseguiram organizar atividades de entretenimento, como empacotar o material científico ou algumas aulas de temas variados, como costura e salsa. De acordo com Turney, a situação permitiu que as pessoas presas demonstrassem suas habilidades.

Bookmark and Share


Fonte: AFP







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.