Porto Alegre, domingo, 21 de Dezembro de 2014

  • 03/01/2014
  • 11:37
  • Atualização: 12:01

Porto Alegre acumula maior inflação semanal do País, indica FGV

Alimentação teve maior influência no IPC-S, que registrou variação de 7,2%

  • Comentários
  • Correio do Povo

Porto Alegre registrou a maior inflação semanal acumulada em 2013 entre as sete capitais pesquisadas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), segundo levantamento divulgado nesta sexta-feira. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S)  da Capital registrou variação de 7,27% no ano, seguida por Brasília (6,08%) e Rio de Janeiro (6,05%).

A alimentação, com variação de 10,03%, foi a maior influência. Arroz e feijão tiveram alta de 8,46%, com destaque para o feijão que subiu 27,35%. Hortaliças e legumes aumentaram 17,45% e somente a batata inglesa, 45,93%. As frutas subiram 22,53%, sendo que o índice da bergamota foi de 43,12%. Massas e farinhas tiveram alta de 12,81% e farinha de trigo registrou taxa de 39,76%. Panificados e biscoitos registram índice de 12,11% e o pão francês, 19,77%.

Adoçantes aumentaram 10,53%, sendo que o açúcar cristal subiu 11,52%. Doces e chocolates tiveram alta de 6,65%, já balas e doces aumentaram 9,63%. Os laticínios registraram variação de 14,20%, sendo que o leite longa vida teve alta de 14,47%. Aves e ovos subiram 8,33%. Carnes bovinas contribuíram com alta de 4,36%, com destaque para costela com 10,89%. Alimentos diet e light aumentam10,13% e só o iogurte 25,27%

Bebidas não alcoólicas tiveram aumento de 10,03%, com destaque para erva mate com índice de 60,82%. Já as bebidas alcoólicas cresceram 4,10%.

Comer fora de casa também ficou mais caro com alta de 7,84%. Refrigerantes e água mineral aumentaram 19,65% quando consumidos em estabelecimentos comerciais. 

Bookmark and Share