Correio do Povo

Porto Alegre, 1 de Outubro de 2014


Porto Alegre
Agora
22ºC
Amanhã
13º 20º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

04/01/2014 14:23 - Atualizado em 04/01/2014 15:42

Cidades da Região Metropolitana sofrem com acúmulo de lixo

Viamão e São Leopoldo tentam normalizar o recolhimento no fim de semana

Cidades da Região Metropolitana sofrem com acúmulo de lixo<br /><b>Crédito: </b> André Ávila
Cidades da Região Metropolitana sofrem com acúmulo de lixo
Crédito: André Ávila
Cidades da Região Metropolitana sofrem com acúmulo de lixo
Crédito: André Ávila

O início do ano é marcado por problemas na coleta de lixo em algumas cidades da região Metropolitana de Porto Alegre, em especial em Viamão, Gravataí e São Leopoldo. O final de semana foi de intenso serviço para tentar normalizar o recolhimento em alguns bairros.

Em Viamão, as dificuldades começaram a ser agravar na véspera do Natal. A justificativa foi que a produção de resíduos foi muito grande, fazendo com que a empresa responsável não conseguisse dar conta do serviço. Desde o dia 31 de dezembro, a Prefeitura em caráter emergencial disponibilizou 10 caminhões para auxiliar na coleta, o que fez com que o problema começasse a ser amenizado. Mesmo Assim, na manhã deste sábado, alguns moradores ainda sofriam com o acúmulo de lixo.
 
O prefeito de Viamão, Valdir Bonatto, reconheceu os problemas sobre a qualidade dos serviços. Ele afirmou que como o contrato com a atual empresa vencerá em breve, será aberta nova licitação. “Vamos buscar um serviço com mais qualidade e que tenha capacidade de atender a toda cidade. Não podemos mais aceitar essas reclamações”, afirmou o prefeito.

São Leopoldo

Após dois dias de problemas no recolhimento de lixo de São Leopoldo, o trabalho foi normalizado na manhã deste sábado. Devido ao acúmulo de resíduos, cerca de 160 toneladas foram retiradas s somente entre a noite dessa sexta-feira e a manhã deste sábado. O grande volume  também ficou demonstrado pela velocidade média dos caminhões coletores, que circularam a 8 km/h em comparação aos 25 km/h usuais.

A empresa terceirizada SL Ambiental, responsável não só pelo recolhimento de resíduos, mas também pela capina e roçada na cidade, alegou à Prefeitura que caminhões estragaram e garis faltaram ao trabalho nos primeiros dias do ano. A falha na prestação do serviço gerou multa de R$ 9 mil para empresa, que acumula, desde o início de 2013, sete multas e 42 notificações pelo mesmo motivo.

Segundo o diretor de Limpeza Urbana da cidade, Cléo Fontoura, “o projeto básico de gestão dos resíduos foi mal executado”, gerando um contrato com falhas junto à terceirizada vencedora da licitação. O caso, segundo ele, já foi levado à Procuradoria Geral do Município (PGM) para possível ação visando a rescisão do contrato.

Com informações de Mauren Xavier e Gabriel Jacobsen

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo e Rádio Guaíba





» Tags:Geral Lixo

O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.