Porto Alegre, sábado, 22 de Novembro de 2014

  • 05/01/2014
  • 19:27
  • Atualização: 19:29

Mar bravo avança sobre a areia no Litoral Norte

Ressaca afugentou banhistas e mudou a paisagem da praia neste fim de semana

  • Comentários
  • Halder Ramos / Correio do Povo

O final de semana foi marcado pela ressaca no mar e muito sol no Litoral Norte. Quem conseguiu prolongar o feriadão de Ano-Novo, encontrou a água avançando sobre a areia e reduzindo o espaço de lazer. No domingo, o mar avançou ainda mais sobre a areia. Como as águas estavam revoltas, os salva-vidas estenderam a bandeira vermelha nas guaritas. Apesar da agitação e do tradicional tom chocolate, a água estava quente e a beira da praia ficou lotada.

Faltou lugar para colocar as cadeiras na orla de Imbé e Tramandaí. O pequeno Anthony Eduardo dos Santos Reis, de 1 ano e 9 meses, molhou os pés na água em Imbé logo nas primeiras horas da manhã. Ele foi levado pelo pai, o pedreiro Adriano Reis, de Novo Hamburgo, que estava com outras oito pessoas da família. “Viemos com a família para passar o dia, mas a ressaca do mar decepcionou um pouco. Está muito mexido”, diz.

Na parte da tarde, os veranistas aproveitaram a temperatura agradável da água e o pouco vento para caminhar ou tomar sol em Tramandaí. Foi o que fizeram Vera Monteiro, 54, a filha Paula, 21, ambas residentes em Gravataí, e a amiga Marcia Raymundo, 39, de Taquara. “Não entramos no mar, mas não abrimos mão de retocar o bronzeado”, revela Marcia. “Aproveitamos para caminhar e conversar. Sempre tem assunto”, complementa Vera.

De acordo com a Brigada Militar, de 21 de dezembro às 13h deste domingo, foram realizados 362 salvamentos. Imbé, Tramandaí e Torres reúnem maior volume de resgates. Nos três municípios houve pelo menos 60 salvamentos em 15 dias de trabalhos.

Bookmark and Share