Porto Alegre, domingo, 26 de Outubro de 2014

  • 06/01/2014
  • 14:34
  • Atualização: 14:35

Alternativa para BR 116, Rodovia do Parque tem trânsito tranquilo

PRF apontou que motoristas ainda não descobriram que estrada é uma opção para fugir dos engarrafamentos

PRF apontou que motoristas ainda não descobriram que estrada é uma opção para fugir dos engarrafamentos | Foto: Samuel Maciel

PRF apontou que motoristas ainda não descobriram que estrada é uma opção para fugir dos engarrafamentos | Foto: Samuel Maciel

  • Comentários
  • Cláudio Isaías / Correio do Povo

A o contrário da BR-290, a freeway, da BR-116 e da RS-040 que na manhã desta segunda registraram congestionamentos, a BR-448, a Rodovia do Parque, apresentou uma circulação de veículos tranquila. Tanto no sentido Porto Alegre/Sapucaia do Sul quanto Sapucaia do Sul/Capital o tráfego de carros não apresentou trânsito lento ao longo dos 22 quilômetros da estrada.

Segundo a Polícia Rodoviária Fedral (PRF), os motoristas ainda não “descobriram” que a BR-448 é uma alternativa para fugir dos constantes congestionamentos da BR-116. Como já era esperado, a segunda-feira exigiu muita paciência dos motoristas que decidiram retornar do litoral pela BR 290, a freeway, com destino a Porto Alegre. Por volta das 9h, a rodovia registrou pelo menos oito quilômetros de congestionamento entre os quilômetros 77 a 84.

Segundo a Concepa, concessionária que administra a rodovia, a lentidão foi causada por um acidente entre dois veículos, no acesso a Cachoeirinha, sentido Litoral/ Porto Alegre. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou lentidão entre os quilômetros 78 e 87 da BR-290, também no sentido Litoral/Capital. A estimativa da Concepa é de que no dia de ontem 35 mil veículos voltassem do Litoral gaúcho. Até as 9h de ontem, mais de 12,5 mil veículos haviam passado pelo pedágio de Santo Antônio da Patrulha.

Em Porto Alegre, as principais vias de acesso à Capital apresentaram fluxo lento e congestionamentos pela manhã. Nas avenidas Bento Gonçalves e Protásio Alves, o fluxo foi intenso em razão do segundo dia de provas do vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). A mesma situação foi enfrentada pelos motoristas que circularam pelas avenidas Ipiranga, João Pessoa, Assis Brasil e Nilo Peçanha. O trânsito ficou lento também nas proximidades da Terceira Perimetral em função de obras no viaduto da avenida Bento Gonçalves, próximo a igreja São Jorge.

Na RS-040, em Viamão, segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar, o trânsito ficou lento e foi registrado congestionamento de cinco quilômetros no começo da manhã.  Em Santa Catarina, os motoristas que percorreram a BR-101 nprecisaram ter paciência. A PRF informou que os condutores enfrentaram um congestionamento de 14 quilômetros no sentido Sul/Norte na entrada para Laguna. No sentido contrário, foi registrado 10 quilômetros de tráfego lento.

Bookmark and Share


TAGS » Estradas, Geral