Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 06/01/2014
  • 14:57
  • Atualização: 15:06

Arqueólogos descobrem tumba de faraó que reinou há 3,8 mil anos

Sobekhotep Ier reinou durante a 13ª dinastia do Antigo Egito

Arqueólogos descobrem tumba de faraó que reinou no Egito há 3,8 mil anos | Foto: SCA / AFP / CP

Arqueólogos descobrem tumba de faraó que reinou no Egito há 3,8 mil anos | Foto: SCA / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Uma equipe de arqueólogos americanos identificou uma tumba de 3,8 mil anos como sendo a de Sobekhotep Ier, um faraó da 13ª dinastia do Antigo Egito, indicou nesta segunda-feira o ministério egípcio das Antiguidades. A descoberta, realizada na localidade de Sohag (sul), revela mais informações sobre o "governante que reinou no Egito durante quatro anos e meio, o período mais longo da época", declarou uma autoridade do ministério, Ayman El-Damarani.

A equipe americana da Universidade da Pensilvânia descobriu há um ano o imponente sarcófago do soberano, que pesa mais de 600 toneladas. Contudo, os arqueólogos só o identificaram há uma semana, após a descoberta de uma inscrição com o seu nome e o representando sentado no trono. Urnas funerárias e objetos pertencentes ao faraó também foram encontrados no local.

Bookmark and Share


TAGS » Internacional, Egito