Correio do Povo

Porto Alegre, 1 de Outubro de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
13º 20º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

06/01/2014 18:50 - Atualizado em 06/01/2014 20:26

Empresas entregam propostas para licitação de caetanos na Capital

Porto Alegre terá 16 pontos com fiscalização eletrônica de avanço em semáforos

As propostas das empresas interessadas na licitação para locação, instalação e manutenção de caetanos – equipamentos fiscalizadores de avanço de semáforo –, que serão instalados em 16 pontos da Capital, foram entregues nesta segunda-feira. O próximo passo será a análise da documentação das empresas.

Após esse processo as concorrentes têm prazo de cinco dias úteis para recursos. A empresa que apresentar o menor valor será a vencedora. Os valores, que estarão em um envelope lacrado, serão analisados e para escolha será convocada uma reunião com todas as que participam da disputa. A previsão para assinatura do contrato foi fixado para março e a expectativa é que logo após a assinatura parte dos equipamentos sejam instalados.

O prazo de vigência da contratação será de 12 meses, contados a partir da ordem de início, com possibilidade de prorrogação até 60 meses. Os caetanos irão funcionar 24 horas por dia para fiscalizar infrações como paradas sobre a faixa de segurança, avanço no sinal vermelho, conversão proibida e excesso de velocidade. Para o diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, o objetivo principal da implantação dos equipamentos é a redução de acidentes. “Visamos reduzir a violência do trânsito, principalmente nas áreas que são campeãs de acidentes”, ressalta.

Um estudo detalhado foi feito para a escolha dos pontos que apresentaram o maior número de acidentes nos últimos cinco anos. Os caetanos irão reforçar se somar a outros sistemas de fiscalização, já que outros 47 locais tem pardais e 32 pontos, lombadas eletrônicas. Um dos pontos-chave é o cruzamento das avenidas Ipiranga e Salvador França que, em cinco anos, registrou 462 acidentes.

Bookmark and Share

Fonte: Jézica Bruno/Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.