Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
12ºC
Amanhã
16º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

06/01/2014 23:36 - Atualizado em 06/01/2014 23:43

Vórtex polar congela áreas dos EUA a -35°C

Grande parte do Meio-Oeste americano declarou situação de emergência

Grande parte do Meio-Oeste americano declarou situação de emergência
Crédito: Spencer Platt/Getty Images/AFP/CP

Um redemoinho de ar denso e gélido, conhecido como "vórtex polar", atingiu nesta segunda-feira a maior parte do Meio-Oeste dos Estados Unidos. Grandes áreas do país registraram temperaturas perigosamente baixas e que devem quebrar recordes estabelecidos há décadas. As temperaturas abaixo de zero, os mais de 30 centímetros de neve e ventos fortes tornaram perigoso qualquer tipo de viagem. Autoridades fecharam escolas em cidades como Chicago, St. Louis e Milwaukee e pediram aos moradores que permaneçam em locais fechados para evitar o frio.

A previsão dos meteorologistas é assustadora: -35ºC em Fargo, Dakota do Norte; -29ºC em Madison, Wisconsin; -27ºC em Minneapolis, Indianapolis e Chicago. A sensação térmica por causa dos ventos pode chegar a -60ºC. "É um frio perigoso", enfatizou o meteorologista Butch Dye, do Serviço Nacional de Meteorologia, no Missouri.

Em muitas partes do país não fazia tanto frio havia quase duas décadas. O congelamento e queimadura de partes do corpo, principalmente extremidades, e hipotermia podem acontecer rapidamente a essas temperaturas. O prefeito de Indianapolis, Greg Ballard, elevou o nível de emergência da cidade para "vermelho", o que tornou ilegal dirigir pelas ruas, exceto no caso de emergência ou para buscar abrigo. A última vez que a cidade emitiu um alerta deste nível foi durante uma nevasca em 1978.

Em vários Estados do Meio-Oeste, o tempo frio se soma aos problemas causados pela tempestade de neve ocorrida no final de semana. O Serviço Nacional de Meteorologia informou que mais de 28 centímetros de neve haviam caído no aeroporto internacional O''Hare, em Chicago, até as 18h de domingo. Autoridades de transporte do Missouri disseram que está muito frio para que o sal seja eficiente para derreter a neve das ruas. Várias estradas de Illinois estavam fechadas por causa do acúmulo de neve.

Mais de mil voos foram cancelados no domingo em aeroportos de todo o Meio-Oeste, o que inclui aeroportos de Chicago, Indianapolis e St. Louis. Muitas cidades estão praticamente paralisadas. Em St. Louis, onde houve precipitação de mais de 25 centímetros de neve, vários museus e instituições estão fechados. Shopping centers e cinemas também não estão funcionando e até mesmo a Hidden Valley Ski Resort, a única área de esqui da região, está de portas trancadas.

As aulas foram canceladas em todo o Estado de Minnesota, nesta segunda-feira, assim como em cidades e distritos de Wisconsin, Illinois, Indiana e Iowa, entre outros. Repartições do governo e tribunais em vários Estados ficaram fechados. Em Indiana, a Assembleia Geral adiou a sessão de abertura de 2014 e os tribunais de apelação do Estado, dentre eles a Suprema Corte, não abrirão.


Bookmark and Share

Fonte: AE






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.