Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 07/01/2014
  • 07:29
  • Atualização: 07:32

Taxistas de Porto Alegre esperam ampliar bandeira 2

Tarifa diferenciada passaria a valer a partir das 20h

Tarifa diferenciada passaria a valer a partir das 20h | Foto: Paulo Nunes

Tarifa diferenciada passaria a valer a partir das 20h | Foto: Paulo Nunes

  • Comentários
  • Correio do Povo

Os taxistas de Porto Alegre aguardam a sanção de três projetos do Executivo, aprovados pela Câmara Municipal, relacionados à mudança de perfil do serviço da categoria. O objetivo é garantir melhor atendimento à população e mais segurança aos profissionais, a partir do monitoramento com GPS, do incremento de 85 veículos com acessibilidade e ampliação do horário de vigência da bandeira 2.

Após 18 meses de discussões, o projeto aguarda a assinatura do prefeito e a publicação no Diário Oficial do Município para entrar em vigor. Com isso, a bandeira 2 passa a valer a partir das 20h e não mais às 22h, de segunda a sexta-feira. Aos sábados, o valor aumenta a partir das 15h e, aos domingos e feriados, durante as 24 horas. Uma corrida com bandeira 2 apresenta um aumento de 30% no custo.

Para o presidente do Sindicato dos Taxistas de Porto Alegre (Sintáxi), Luiz Nozari, o aumento não deve gerar preocupação. 'A tarifa de táxi da Capital é uma das mais baratas se comparada à de outras capitais que receberão a Copa.' Nozari define as alterações como uma mudança para beneficiar a categoria. 'O sistema de táxi local terá ganho de qualidade no ano', disse.

O diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, ressaltou que não há previsão de mudanças nas regras da bandeirada. "Há um trâmite a ser seguido após a aprovação. O prefeito José Fortunati precisa analisar o texto para depois sancionar o projeto."

As proposições comporão a nova Lei Geral dos Táxis. Segundo Cappellari, outros ajustes estão sendo analisados na proposta que envolve a bandeira 2. "Foi aceito o uso também na terça-feira de Carnaval a fim de aumentar o número de táxis nesse período", justificou. Para finalizar, Cappellari destacou que um novo modelo de operação está sendo estruturado, com critérios claros e regramento diferenciado no serviço. "Daremos garantias aos taxistas para que permaneçam mais tempo nas ruas com os táxis", pontuou.

Bookmark and Share


TAGS » Porto Alegre, Geral