Porto Alegre, sábado, 29 de Novembro de 2014

  • 07/01/2014
  • 08:10
  • Atualização: 08:27

Maratona de provas da Ufrgs chega ao terceiro dia

Vestibulandos encaram questões de Biologia, Geografia e Química

Vestibulandos encaram questões de Biologia, Geografia e Química | Foto: Ramon Moser / Ufrgs / Divulgação / CP

Vestibulandos encaram questões de Biologia, Geografia e Química | Foto: Ramon Moser / Ufrgs / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) chega nesta terça-feira ao terceiro dia. Hoje os vestibulandos respondem a questões de Biologia, Geografia e Química. Os exames são aplicados em 63 escolas de Porto Alegre, Bento Gonçalves, Tramandaí e Imbé.

Em Biologia, as questões contemplarão a organização dos seres vivos, sua diversidade e interação e a continuidade da vida. Para prova de Química, serão cobrados do candidato o conhecimento da teoria e o entendimento de sua aplicação no cotidiano. Por fim, a prova de Geografia envolve a compreensão e análise das relações dinâmicas entre sociedade e natureza, reflexão crítica frente à realidade contemporânea, bem como os elementos e processos encontrados nos quadros naturais, sociais, políticos e econômicos.

A exemplo dos dias anteriores, os candidatos têm quatro horas e meia para responder a 75 questões, 25 de cada prova. O gabarito será divulgado às 17h via site da Ufrgs.

Vestibulandos são remanejados

Para garantir a segurança dos vestibulandos, a Comissão Permanente de Seleção (Coperse) da Ufrgs remanejou os candidatos que faziam provas na Escola Uruguai, no bairro Moinhos de Vento, para a Escola Técnica Estadual Parobé, que fica na avenida Loureiro da Silva, 945, no Centro da Capital.

O remanejamento afetou 320 estudantes que optaram pelos cursos de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Geografia (diurno). Segundo a Ufrgs, a alteração se deu devido à falta de condições necessárias de estrutura e segurança na Escola Uruguai.

A presidente da Coperse, Maria Adelia Pinhal de Carlos, reforçou que a mudança teve como objetivo garantir o bem-estar dos vestibulandos: “Problemas na escola poderiam afetar as condições necessárias para a realização do Concurso Vestibular. Achamos por bem fazer a alteração”. Ao final da aplicação das provas nessa segunda-feira, os candidatos já foram avisados da alteração. A Coperse informou, também, que manteria carros da frota da Ufrgs para realizar o deslocamento de eventuais candidatos que comparecessem à Escola Uruguai.

Bookmark and Share


TAGS » Vestibular, Ensino, Ufrgs