Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 08/01/2014
  • 13:02
  • Atualização: 13:08

Temporal deixa 60% de Alegrete sem água

Cerca de 35 mil clientes estão com fornecimento de energia interrompido

Temporal provocou estragos em Alegrete | Foto: Alair Almeida / Especial / CP

Temporal provocou estragos em Alegrete | Foto: Alair Almeida / Especial / CP

  • Comentários
  • Alair Almeida / Correio do Povo

Até o meio dia desta quarta-feira, 60% de Alegrete e continuava sem abastecimento de água devido à falta de luz nos poços artesianos e na estação da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) no rio Ibirapuitã. O temporal que começou pouco depois das 22h30min da noite dessa terça causou estragos na rede de energia, derrubou árvores e provocou destelhamentos. A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros tiveram muito serviço durante à noite e manhã de hoje.

Conforme o superintendente adjunto da Corsan, Newtom Trevisan, dos 14 poços artesianos em funcionamento na cidade, oito deles continuavam fora de operação devido à falta de luz. A empresa não tem previsão de normalidade do serviço porque depende do retorno da energia elétrica, a cargo da AES Sul.

O número de clientes sem luz no Estado por causa do temporal é de 35 mil – 30 mil na AES Sul e 5 mil na Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE). A chuva atingiu as regiões da Fronteira e Central durante a noite dessa terça-feira e madrugada de hoje, o que provocou interrupção no fornecimento de energia para clientes de Uruguaiana, Quaraí, Alegrete, Santana do Livramento, São Borja, Cachoeira do Sul, Santa Maria, Caçapava do Sul, Santiago e municípios próximos.

A AES Sul tem 1 mil profissionais atendendo as ocorrências, grande parte em áreas rurais. A previsão é de que a maioria dos clientes terá o fornecimento normalizado ao longo do dia de hoje. 

Bookmark and Share


TAGS » Temporal, Alegrete