Correio do Povo

Porto Alegre, 31 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
16º 25º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

09/01/2014 08:58 - Atualizado em 09/01/2014 08:59

Explosão em fábrica química no Japão deixa cinco mortos

Pelo menos 12 pessoas ficaram feridas

Pelo menos 12 pessoas ficaram feridas <br /><b>Crédito: </b> Jiji Press / AFP / CP
Pelo menos 12 pessoas ficaram feridas
Crédito: Jiji Press / AFP / CP
Pelo menos 12 pessoas ficaram feridas
Crédito: Jiji Press / AFP / CP

Ao menos cinco pessoas morreram e 12 ficaram feridas nesta quinta-feira por uma explosão em uma fábrica química do grupo Mitsubishi Materials no centro do Japão, indicou a polícia.

A explosão ocorreu em uma fábrica do grupo Mitsubishi Materials em Yokkaichi, uma cidade da região de Mie, no centro do país, durante as operações de manutenção de um trocador de calor utilizado para fabricar produtos de silício, explicou um porta-voz do grupo.

"Cinco pessoas faleceram e 12 ficaram feridas, nove delas em estado leve", declarou uma funcionária da cidade. O incêndio provocado pela explosão foi apagado. A fábrica, situada em uma grande zona industrial, é especializada na fabricação de componentes químicos para painéis solares e peças de reposição para automóveis, algumas delas de silício.

O grupo Mitsubishi Materials fabrica produtos de todo tipo, como componentes para automóveis, material em silício para semicondutores e cimento para obras públicas.

O grupo tem 22 mil funcionários em todo o mundo e está presente em Estados Unidos, Brasil, Alemanha e Índia. No ano passado faturou 1,2 trilhão de ienes (9 bilhões de euros).


Bookmark and Share


Fonte: AFP






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.