Correio do Povo

Porto Alegre, 1 de Outubro de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
13º 20º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

10/01/2014 08:20 - Atualizado em 10/01/2014 08:27

Estudo avalia implantação de nova faixa na ERS 240

Segundo EGR, mudança deve ocorrer no trecho do bairro Scharlau em São Leopoldo

Pelo trecho circulam muitos veículos, inclusive caminhões <br /><b>Crédito: </b> Stephany Sander / Especial / CP
Pelo trecho circulam muitos veículos, inclusive caminhões
Crédito: Stephany Sander / Especial / CP
Pelo trecho circulam muitos veículos, inclusive caminhões
Crédito: Stephany Sander / Especial / CP

Deve ser concluído até o final do mês, o estudo de viabilidade para que seja implantada uma nova faixa na ERS 240. A mudança deve ocorrer no trecho do bairro Scharlau em São Leopoldo, próximo do acesso à BR 116 no Vale do Sinos. A informação é da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) que, segundo o presidente Luiz Carlos Bertotto, pretende alargar a via com até três novas faixas, a fim de facilitar o fluxo de veículo, que é intenso na região. "Nosso objetivo é fazer com que aquele condutor que acessar a BR possa entrar direto, sem ocorrer retenção de tráfego."

Assim que o estudo for concluído, as mudanças serão analisadas pelo Conselho Comunitário do Pedágio de Portão, já que os recursos virão da praça. Caso seja aprovado, até final de março as intervenções poderão começar a ser feitas. O trecho próximo da BR 116 é considerado conflitante pelo grande número de veículos, principalmente de carga, que deixam o trânsito lento. O trajeto conta com duas sinaleiras, o que gera congestionamento nos finais de tarde. A presença de pedestres, devido ao comércio às margens da via, já provocou atropelamentos e transtornos.
Ainda na ERS 240, está em andamento o projeto de duplicação do trecho entre Portão e Montenegro, que já teve o estudo de viabilidade concluído e está agora em fase de análise. Atualmente, o deslocamento entre as cidades conta com apenas duas faixas, uma em cada sentido. Se também tiver a pista ampliada, o trecho até Montenegro será mais ágil para os condutores.

A EGR recebeu no início deste ano R$ 30 milhões do Estado para investir nas rodovias que abrangem as praças de pedágio de Portão, Campo Bom e Coxilha. Deste montante deve sair o valor para as intervenções. Enquanto elas não ocorrem, o trecho entre São Leopoldo e Portão já está recebendo pintura e sinalização.

Bookmark and Share


Fonte: Stephany Sander / Correio do Povo





» Tags:Estradas Geral

O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.