Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 12/01/2014
  • 09:41
  • Atualização: 09:43

Papa Francisco batiza 32 crianças na Capela Sistina

Batismos são tradição no Vaticano

  • Comentários
  • AFP

O Papa Francisco batizou neste domingo no Vaticano, na Capela Sistina, 32 crianças, incluindo a filha de um casal
que contraiu apenas um matrimônio civil, assim como o filho de uma mãe solteira. "O coro canta hoje, mas o coro mais bonito é o das crianças, e algumas delas chorarão se tiverem fome ou outra coisa. As mães podem ficar tranquilas e, se elas tiverem fome, podem alimentá-las", declarou o sumo pontífice aos pais das crianças durante o batismo.

Estes batismos são uma tradição no Vaticano. São organizados na Capela Sistina, geralmente para os filhos de funcionários locais, mas neste ano Francisco também convidou outros bebês. Um casal de militares italianos que assistiu a uma audiência geral do Papa há vários meses havia pedido a Francisco que batizasse sua filha Giulia e ele aceitou, declararam os pais da menina à imprensa. Mas quando enviaram os documentos ao Vaticano ficou claro que haviam contraído apenas um matrimônio civil. Isto não impediu que o Papa batizasse sua filha.

O pontífice também batizou o bebê de uma mãe solteira, que havia pensado inicialmente em abortar quando seu companheiro a abandonou, antes de desistir disso, e havia escrito uma carta a Francisco.


Bookmark and Share