Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 12/01/2014
  • 15:42
  • Atualização: 15:43

Polícia quer prorrogar prisão de homem que agrediu comunicador com barra de ferro

Crime ocorreu no início da semana passada em Carlos Barbosa

  • Comentários
  • Samantha Klein / Rádio Guaíba

A prisão temporária de um homem de 39 anos suspeito de ter agredido o comunicador Flávio Ballejo, em Carlos Barbosa, na Serra, termina na próxima segunda-feira. A Polícia Civil deve encaminhar à Justiça o pedido de prorrogação da detenção por mais cinco dias. A meta é evitar que o suspeito fuja.

O suposto agressor se apresentou acompanhado de sua advogada na delegacia de Bento Gonçalves, na última quinta-feira. “Ele ficou em silêncio, já que esse é um direito constitucional, e não esclareceu as motivações do crime. Por isso, não podemos aferir nenhuma motivação exata ainda”, explica o delegado Clóvis Rodrigues de Souza. O suspeito foi levado, em seguida, para o Presídio Estadual de Bento Gonçalves.

Radialista e assessor de imprensa da Câmara de Vereadores de Carlos Barbosa, Ballejo está internado em estado grave na UTI do Hospital Tacchini. Ele foi atingido a golpes de barra de ferro. A tentativa de homicídio ocorreu em um prédio do bairro Triângulo. Há indícios de que o crime tenha sido passional.

Bookmark and Share