Porto Alegre, domingo, 21 de Dezembro de 2014

  • 14/01/2014
  • 20:22
  • Atualização: 23:53

Polícia planeja investigar mais seis contratos na Operação Kilowatt

Denúncias e documentos apreendidos devem ampliar inquérito

  • Comentários
  • Samantha Klein/Rádio Guaíba

A Polícia Civil interrompeu temporariamente os depoimentos de testemunhas e investigados da Operação Kilowatt a fim de analisar os documentos apreendidos na semana passada e provas recolhidas através de novas denúncias relacionadas a reformas em prédios públicos do Rio Grande do Sul. Ainda não há uma estimativa exata, mas os delegados Joeberth Nunes e Daniel Mendelski, do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), já planejam investigar mais de seis contratos.

“Há muitas denúncias, mas nem todas estão sendo formalizadas por que não haverá tempo para averiguar tudo ou as denúncias são muito vagas. Porém, já é certo que mais obras devem entrar no inquérito policial”, garante Nunes. As oitivas serão retomadas entre quinta e sexta-feira.

A polícia pretende concluir o inquérito na primeira quinzena de fevereiro. No entanto, já existe a probabilidade de divisão da investigação em duas etapas e de que parte do processo possa ser concluído nos próximos meses.


Bookmark and Share