Porto Alegre, sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

  • 15/01/2014
  • 14:05

Polícia procura líder que aplicava golpes milionários no RS

Criminosos atraiam empresários com ofertas de empréstimos do Finep

  • Comentários
  • Correio do Povo

 O líder de uma quadrilha que aplicava golpes milionários superiores a R$ 3 milhões, entre 2005 e 2007, no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, está sendo procurado pela Polícia Civil. O delegado Marcelo Farias Pereira, da DP de Montenegro, acredita que o foragido esteja em alguma praia catarinense, sobretudo na Ilha de Florianópolis (SC). “Ele agiu no ano passado aqui em Montenegro e teve então a prisão preventiva decretada”, recordou.

O delegado lembrou ainda que o criminoso havia sido preso por ele mesmo quando estava no Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) em Porto Alegre. Além do foragido, a quadrilha tinha mais dois líderes. O trio foi detido em fevereiro de 2007 na avenida Búzios, na praia de Jurerê Internacional, na Ilha de Florianópolis, durante uma operação do Deic. Dois cúmplices foram detidos juntos, incluindo um brigadiano que fazia a segurança.

O bando havia alugado uma mansão para a temporada de veraneio. Na garagem, os agentes encontraram três veículos e duas motocicletas importados, incluindo uma Ferrari e um Porsche, avaliados em mais de R$ 2 milhões. Ostentando luxo, eles gastavam muito dinheiro e o estilo de vida servia para dar uma credibilidade em suas ações ilícitas.

Segundo o delegado Marcelo Farias Pereira, o golpe consistia em atrair empresários oferecendo-lhes empréstimos da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) do Ministério da Ciência e Tecnologia, sendo cobrados adiantados 10% a 20% do valor a ser financiado a título de comissão. A transação financeira não se realizava e o empresário perdia o valor repassado aos criminosos, que fingiam ser agentes da Finep. O titular da DP de Montenegro explicou que o líder foragido cumpriu pena e foi solto, mas manteve a prática criminosa, aplicando golpe parecido em 2013 na cidade.

Bookmark and Share


TAGS » Polícia