Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 15/01/2014
  • 17:24
  • Atualização: 17:38

Dois suspeitos de estuprar dinamarquesa são presos na Índia

Policial disse que mulher embarcou num voo de volta para Dinamarca

  • Comentários
  • AE

A polícia de Nova Délhi informou nesta quarta-feira a prisão de dois suspeitos de participar do estupro de uma turista dinamarquesa. A mulher de 51 anos foi estuprada nas proximidades de uma popular área de compras em Nova Délhi depois
de ter se perdido e se aproximado de um grupo de homens pedindo orientações sobre como voltar para seu hotel.

 A mulher também foi roubada e espancada durante o ataque, que aconteceu na terça-feira perto de Connaught Place, um dos maiores centros financeiros, comerciais e empresariais da cidade.

Segundo o porta-voz da polícia, Rajan Bhagat, a mulher pediu ajuda para chegar a seu hotel. Eles a atraíram para uma área isolada, onde a estupraram sob ameaça de faca, segundo a agência de notícias Press Trust of India. A mulher conseguiu chegar ao hotel na noite de terça-feira e o proprietário chamou a polícia, que realizou interrogatórios durante o dia.

• Turista dinamarquesa é vítima de estupro coletivo na Índia

A mulher, cujo nome não foi divulgado, estava voltando para a Dinamarca, informou Ole Egberg Mikkelsen, chefe do departamento consular do Ministério de Relações Exteriores da Dinamarca, que cuida de casos envolvendo dinamarqueses no exterior. Egberg Mikkelsen disse que a mulher recebeu assistência das autoridades indianas e dinamarquesas e que seus familiares foram contatados.

Um policial disse que a mulher embarcou num voo de volta para casa na manhã desta quarta-feira. Não havia informações sobre se a vítima viajava sozinha ou não. A embaixada dinamarquesa em Nova Délhi não comentou o caso.

Bookmark and Share


TAGS » Mundo, Índia