Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 16/01/2014
  • 07:13
  • Atualização: 07:16

Diplomatas de Irã e Síria chegam a Moscou para negociações prévias a Genebra II

Conferência de paz irá buscar uma solução política ao conflito

Russo Serguei Lavrov recepciona iraniano Mohammad Javad Zarif | Foto: Kirill Kudryavtsev / AFP / CP

Russo Serguei Lavrov recepciona iraniano Mohammad Javad Zarif | Foto: Kirill Kudryavtsev / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Os responsáveis diplomáticos de Irã e Síria chegaram juntos a Moscou, na madrugada desta quinta-feira, para participar de negociações centradas na situação da Síria. A reunião ocorre a menos de uma semana do início de uma conferência de paz para buscar uma solução política ao conflito no país.

O chefe da diplomacia do Irã, Mohammad Javad Zarif, se reuniu na véspera em Damasco com o chanceler sírioWalid Muallem e com o presidente sírio, Bashar al-Assad. Os dois ministros realizarão nesta quinta-feira uma reunião com seu colega russo, Serguei Lavrov. Zarif também será recebido pelo presidente russo, Vladimir Putin.

"As posições de Rússia e Irã sobre a crise síria têm muitos pontos em comum, em primeiro lugar no que se refere à solução pacífica para esta crise, que não tem outra alternativa", afirmou Lavrov em um comunicado divulgado na quarta-feira, antes da chegada de seus colegas iraniano e sírio.

As negociações em Moscou ocorrem menos de uma semana antes da conferência internacional chamada Genebra II, que tentará reunir representantes do poder sírio e da oposição para buscar alcançar uma solução política ao conflito que, segundo uma ONG síria, já deixou mais de 126.000 mortos em menos de três anos.

Principal aliada do regime sírio, para quem fornece armas, a Rússia deseja que o Irã participe desta conferência, que começa no dia 22 de janeiro na cidade suíça de Montreux, enquanto Washington mostra-se hostil à participação na mesma da República Islâmica, que também apoia Damasco.


TAGS » Internacional