Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 16/01/2014
  • 09:49
  • Atualização: 10:00

Revisão do TSE evita "desgaste maior", diz Marco Aurélio

Ministério Público quer que a corte reveja a medida

  • Comentários
  • AE

O ministro Marco Aurélio Mello, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), adiantou nesta quarta-feira, 15, que o Supremo Tribunal Federal pode declarar a inconstitucionalidade da resolução que exige autorização do juiz eleitoral para investigação de candidatos na disputa deste ano de 2014, informa o jornal O Estado de S. Paulo na edição desta quinta. O Ministério Público quer que a corte eleitoral reveja a medida.

Marco Aurélio, que também integra o STF, foi o único a votar contra a resolução no TSE. O ministro diz acreditar "na sensibilidade do relator (o também ministro do STF Dias Toffoli) e do colegiado quanto ao acolhimento do pedido de reconsideração, feito pelo Ministério Público, evitando-se um desgaste maior".

Bookmark and Share


TAGS » Política, TSE