Correio do Povo

Porto Alegre, 19 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
13º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Economia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

16/01/2014 10:40 - Atualizado em 16/01/2014 11:03

Crises nos orçamentos são a principal preocupação, aponta Fórum Econômico Mundial

Relatório Riscos Globais 2014 indica principais riscos

As crises nos orçamentos das principais economias, o desemprego, a falta de água, as severas disparidades de rendimento e as dificuldades na adaptação às mudanças climáticas constituem as principais preocupações identificadas no relatório de 2014 do Fórum Econômico Mundial.

"À medida que os sistemas internacionais de finanças, as redes de abastecimento, a saúde, energia, internet e o meio ambiente se tornam mais complexos e interdependentes, o seu nível de resiliência vai determinar se se tornam baluartes da estabilidade global ou amplificadores de choques em cadeia", diz a nona edição do relatório Riscos Globais 2014, divulgado nesta quinta.

"A natureza sistêmica dos riscos mais significativos obriga procedimentos e instituições que estejam globalmente coordenados, mas que sejam flexíveis localmente', acrescenta o texto.

Os principais riscos que os participantes do fórum identificaram foram as crises orçamentais nas principais economias, o desemprego ou subemprego estruturalmente alto, as crises da água, o fracasso na adaptação e mitigação das alterações climáticas e da governança global, as crises de alimentos, a falha nas maiores instituições e mecanismos financeiros, além da profunda instabilidade política e social.

O documento acrescenta que, "como os riscos globais não foram realmente atacados, os efeitos sociais, econômicos e políticos podem ter grande alcance, como se comprova nos impactos continuados da crise financeira de 2007 e 2008".


Bookmark and Share


Fonte: Agência Brasil





» Tags:Economia

O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.