Correio do Povo

Porto Alegre, 22 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
12ºC
Amanhã
19º 30º


Faça sua Busca


Notícias > Polícia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

16/01/2014 12:11 - Atualizado em 16/01/2014 12:12

Polícia prende suspeito com tornozeleira eletrônica em Porto Alegre

Trio detido teria cometido seis assassinatos e uma tentativa de homicídio

Polícia prende suspeito com tornozeleira eletrônica em Porto Alegre<br /><b>Crédito: </b> Inácio Flores / Especial / CP
Polícia prende suspeito com tornozeleira eletrônica em Porto Alegre
Crédito: Inácio Flores / Especial / CP
Polícia prende suspeito com tornozeleira eletrônica em Porto Alegre
Crédito: Inácio Flores / Especial / CP

O uso da tornozeleira eletrônica impediu que o líder de uma quadrilha de tráfico de drogas e roubo de veículos cometesse novos assassinatos. A constatação é do delegado Wagner Dalcin, da 1ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (1ªDPHPP), após prender o suspeito, com o equipamento colocado no pé esquerdo, na manhã desta quinta no bairro Cascata, em Porto Alegre. Na ação policial, realizada na Estrada do Herval, foram presos ainda dois parceiros do acusado, também envolvidos com a morte de rivais e até de integrantes do próprio bando no ano passado. Houve a apreensão de um revólver calibre 38 e mais de R$ 2,3 mil em dinheiro.

Segundo o delegado Wagner Dalcin, as investigações iniciadas em abril do ano passado apontaram que, pelo menos, seis assassinatos e uma tentativa de homicídio foram cometidos pelo trio. Uma das vítimas foi um cadeirante, baleado em frente de um bar no bairro Rubem Berta em agosto. Colocado no porta-maças de um carro, o corpo seria encontrado em um matagal, perto do Santuário Nossa Senhora Mãe de Deus, no bairro Cascata, somente em novembro.

Conforme o titular da 1ª DPHP, o líder do grupo cumpria pena no regime semiaberto e teve de parar com as execuções após a Susepe ter colocado a tornozeleira eletrônica nele, sendo então monitorado nas 24 horas. Ao longo do trabalho investigativo, acrescentou o delegado Wagner Dalcin, outros dois cúmplices foram presos. Em relação ao roubo de veículos, observou, o objetivo da quadrilha seria usar os carros como moeda de troca no tráfico de drogas.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo





» Tags:

O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.