Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 18/01/2014
  • 21:29
  • Atualização: 21:33

Tempo segue ensolarado e quente no RS neste domingo

Sol escaldante e radiação UV geram alerta para evitar exposição prolongada à tarde

Sol escaldante e radiação UV geram alerta para evitar exposição prolongada à tarde | Foto: Paulo Nunes

Sol escaldante e radiação UV geram alerta para evitar exposição prolongada à tarde | Foto: Paulo Nunes

  • Comentários
  • Metsul

A massa de ar seco e quente que cobre o Rio Grande do Sul define as condições do tempo neste domingo. O sol predomina no Estado em mais um dia de tempo aberto e céu azul no território gaúcho, inclusive nas praias.

A MetSul enfatiza que os índices de radiação UV vão estar muito altos, gerando alerta para evitar exposição ao sol sem proteção entre o meio da manhã e a metade da tarde. A escalada da temperatura segue e os gaúchos vão ter mais uma tarde escaldante em que as máximas superam 35ºC em várias regiões e até se aproximam dos 40ºC em alguns pontos.

As mínimas rondam os 15°C em São José dos Ausentes e 16°C em Vacaria. As máximas, por sua vez, devem alcançar 37°C em Santa Rosa superar os 38°C na Região Metropolitana. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 20°C e 38°C. No Litoral Norte, o dia será propício para aproveitar a praia, com temperaturas entre 20°C e 30°C.

A primeira metade de janeiro foi de chuva acima da média na maior parte do Sul do país com acumulados em algumas áreas superiores a 300 mm. No Sudeste do Brasil, porém, a precipitação esteve abaixo da média na maioria dos locais. Até ocorreram eventos de chuva intensa, caso da cidade paulista de Itaóca que teve destruição e mortos, mas estes episódios foram muito isolados.

A chuva no verão acompanha o que se denomina em meteorologia de canal de umidade, vinda da Amazônia. Nas primeiras duas semanas do mês, o canal primário de umidade da América do Sul atuou no Sul do Brasil, o que explica porque a chuva aumentou muito aqui e diminuiu no Centro-Oeste e no Sudeste.

Agora, com ar seco e quente sobre a parte meridional do Brasil, este canal atua mais ao Norte do país com altos volumes e temporais em partes do Centro-Oeste e do Sudeste. Um canal secundário de umidade se formará nesta semana no Centro argentino e no Uruguai, o que vai trazer chuva e temporais para o Prata (Montevidéu e Buenos Aires).


Bookmark and Share