Porto Alegre, quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

  • 20/01/2014
  • 17:57
  • Atualização: 18:04

Servidores da Assembleia Legislativa terão ponto biométrico

Edital para compra de equipamentos já está pronto, mas depende de aval do Plenário

  • Comentários
  • Voltaire Porto / Rádio Guaíba

O presidente da Assembleia Legislativa, Pedro Westphalen (PP), confirmou a compra de equipamentos biométricos para aprimorar o controle de efetividade dos servidores. O Ele sustenta que o mecanismo é uma exigência dos próprios funcionários. “Os nossos servidores são eficientes, ativos e querem este tipo de controle. Vamos aderir ao um método moderno para acompanhanar a evolução da tecnologia”, afirmou.

A exemplo da maioria dos órgãos do Estado, a Assembleia mantém o livro-ponto para controlar a efetividade dos funcionários. A mudança pelo sistema eletrônico foi aprovada pela Mesa Diretora da Casa na época em que o deputado Alexandre Postal (PMDB) presidia a Casa.

O edital para a compra dos equipamentos já está pronto, mas deve aguardar o término do recesso parlamentar para a aprovação do Plenário. O presidente da Assembleia negou que as providências tenham sido forçadas por escândalos envolvendo funcionários fantasmas. De acordo com Westphalen, é um compromisso de gestão dar continuidade a projetos e obras de antecessores. “Espero que essas ações consolidem as marcas que tentei empreender em meu mandato que foram a transparência e a participação”, afirmou o presidente.

Bookmark and Share


TAGS » Política