Porto Alegre, domingo, 21 de Dezembro de 2014

  • 20/01/2014
  • 18:37

Camaquã decreta situação de emergência em função da seca

Pedido ainda não chegou à Defesa Civil estadual

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

A Prefeitura de Camaquã, na região Sul, decretou situação de emergência. Segundo levantamentos de entidades do agronegócio da região, em razão da falta de chuva, os prejuízos atingem, sobretudo, as culturas de milho, hortifrutigranjeiros e fumo, além de gerar perdas significativas na produção de leite e de aves.

A situação de emergência é o aval oficial dado pelo município aos agricultores, a fim de que eles possam renegociar, junto a bancos e fornecedores, as dívidas que previam pagar com a produção, e sem perder o crédito. O decreto também abre caminho para a vinda de verbas emergenciais que visem auxiliar os produtores ou para futuros programas de irrigação.

De acordo com a Defesa Civil estadual, o decreto da Camaquã ainda não foi protocolado no órgão. Em função da estiagem já há pelo menos três cidades gaúchas com decreto de emergência em vigor: Ernestina, Cristal e Santana do Livramento. Já Amaral Ferrador e Chuvisca tiveram Notificação Preliminar de Desastre assinada, mas o decreto de emergência ainda não foi homologado. Gravataí encaminhou o decreto alegando estiagem, mas vai precisar se adaptar para receber os recursos, já que na cidade da região Metropolitana, o que houve foi falta de abastecimento.

Bookmark and Share


TAGS » Clima, Tempo