Correio do Povo

Porto Alegre, 31 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
16º 26º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

21/01/2014 09:35 - Atualizado em 21/01/2014 09:42

Velório de vítimas de acidente na BR 392 causa comoção em Porto Xavier

Cinco pessoas da mesma família perderam a vida em colisão em Roque Gonzales, na noite de domingo

A população do pequeno município de Porto Xavier, localizado na região das Missões, na fronteira com a Argentina, ficou em estado de choque devido ao acidente que vitimou cinco pessoas da mesma família na noite de domingo, na BR 392 - outras duas pessoas do outro veículo também morreram na colisão frontal entre um Vectra e um Gol. O prefeito em exercício Fábio Bratz assinou decreto de luto oficial de três dias. “Estamos enlutados, as vitimas são pessoas vastamente relacionadas na comunidade”, afirmou.

Os corpos chegaram do Departamento Médico Legal (DML) de São Borja no começo da tarde, quando começou o velório em Porto Xavier. Milhares de pessoas foram até a capela mortuária. Algumas lojas fecharam as portas e dispensaram os funcionários para acompanhar o velório.O sepultamento ocorreu no final da tarde, às 17h, no cemitério municipal, com um grande acompanhamento de pessoas ao cortejo.

O clima de consternação no hospital municipal Nossa Senhora dos Navegantes foi intenso durante todo o dia. O motivo é que Nilmar Kutti de Freitas, de 30 anos, uma das vítimas, trabalhava na casa de saúde há mais de três anos. Seu pai, Edemar Siqueira de Freitas, de 55, e a mãe, Liria Kutti de Freitas, também mortos no acidente, se aposentaram trabalhando no mesmo local. Morreram ainda na tragédia a esposa de Nilmar, Jaqueline Durão Duarte e o filho do casal, Kaíque Duarte de Freitas, de dois anos.

A tia de Nilmar e irmão de Liria, Marilene Vinner Kutt, ainda não acredita na tragédia. “É muito difícil assimilar o baque. Todos eram muito apegados e unidos”. Segundo ela, Nilmar construiu sua casa no mesmo pátio dos pais. Conta a tia que Edemar e Liria após a aposentadoria comentavam que agora estavam aproveitando a vida ao lado do neto Kaíque.

Todos os domingos, a família participa do culto de uma igreja evangélica da cidade de Roque Gonzales. No momento do acidente, retornavam para casa. O corpo de Jardel Godois Ramires, 27 anos, motorista do Vectra envolvido no acidente, também foi velado e sepultado em Porto Xavier. O enterro aconteceu na localidade de Ponte Pidaí, interior do município. Já a sétima vitima do acidente, Márcia Perassolo Didas, de 26, foi sepultada em São Luiz Gonzaga.


Bookmark and Share

Fonte: Paulo Renato / Correio do Povo





» Tags:Acidente Morte Geral

O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.